@F1 : #16ValvulasEntrevista Ann Bradshaw *entrevista em inglês

ENGLISH VERSION HERE

Ann Bradshaw @ foto escolha pessoal
Ann Bradshaw @ foto escolha pessoal

A historia da F1 das ultimas 4 décadas passa por esta minha entrevistada.

Ann Bradshaw foi a principal Relações Publicas da equipa de F1 Williams o que lhe permite não só abordar a faceta humana de varios pilotos que passaram pela equipa inglesa , mas também de outros pilotos com quem conviveu.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir falar de nomes tão conhecidos como Nigel Mansell  , Riccardo Patrese e outros.

Possibilidade ainda de sabermos quem foi o piloto mais difícil de trabalhar , bem como era trabalhar com um piloto do calibre de Nelson Piquet.

Inevitável era abordar Ayrton Senna , bem como saber como foi trabalhar no fatídico dia de 1 de Maio de 1994 , principalmente na sua função de Relações Públicas…

No final ficámos a saber que Ann está de regresso à F1 a tempo inteiro pois foi convidada para gerir a imagem do mais recente “Rookie” da F1: Lance Stroll.

Em suma: é como nós dizemos : a história da F1 passa nesta entrevista e não vão querer perdê-la por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#CNV : #16ValvulasEntrevista Francisco Mora Campeão 2016

Francisco Mora @foto escolha pessoal
Francisco Mora @foto escolha pessoal

Poucas horas depois de se ter sagrado Campeão de 2016 na Velocidade nacional , Francisco Mora deu mais uma entrevista ao 16Válvulas.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir o piloto falar da temporada de 2016 , onde arriscou numa estratégia de um piloto apenas no SEAT , ao contrário das equipas adversárias com 2 pilotos.

Oportunidade para percebermos os pontos fortes de uma temporada onde o piloto conquistou pontos onde era necessário , nomeadamente no fim-de-semana do Algarve.

Ocasião ainda para uma apreciação sobre a velocidade nacional e a aposta acertada por parte dos organizadores em substituir os Protótipos pelos TCR , segundo Francisco Mora.

No final ficámos a perceber quais as possibilidades para 2017 , sendo que o piloto gostava de defender o título , mas existem outras possibilidades como correr na Alemanha.

Em suma: mais uma entrevista de Campeão no Blog deles , que não devem perder por nada:

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

 

#CNR : #16ValvulasEntrevista Ricardo Teodosio que analisa 2016 e….2017?

Ricardo Teodosio @ foto escolha pessoal by Algarve Photo Agency
Ricardo Teodosio @ foto escolha pessoal by Algarve Photo Agency

Tradição no 16Válvulas é entrevistarmos Ricardo Teodósio no final de cada temporada nos Ralis.

Assim mais uma vez fomos ao encontro do piloto algarvio numa analise detalhada do que foi a sua temporada onde começou com o R5 e terminou com um Porsche.

Oportunidade de análise aos Ralis feitos em Portugal e sugestões de melhorias , ponto onde Ricardo é muito assertivo.

No final espreitámos possibilidades para 2017 , estando em cima da mesa a possibilidade de fazer a temporada completa pois existem apoios que lhe pedem isso mesmo; quanto ao carro…vamos ver.

Em suma: mais uma entrevista com muito “sumo” que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#CNR : #16ValvulasEntrevista Diogo Gago , Campeão 2016 2RM

Diogo Gago @ foto escolha pessoal
Diogo Gago @ foto escolha pessoal

Mais um campeão a deixar o seu testemunho no 16Válvulas.

Desta vez temos o privilégio de ouvir o Campeão 2016 Diogo Gago que analise connosco a sua excelente temporada nacional com 5 vitorias em 6 provas.

Oportunidade ainda para uma apreciação naquela que terá sido na sua opinião a prova mais conseguida , bem como a prova que não foi tão boa.

Ocasião ainda para uma apreciação pessoal sobre os Ralis nacionais , com algumas sugestões de melhorias ou correcções , que devem ser tidas em consideração.

No final ficámos a conhecer alguns dos projectos para 2017 , dando nota de algumas dificuldades para a concretização dos mesmos.

Em suma: mais uma entrevista de Campeão no Blog deles e que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

 

#EGT : #16ValvulasEntrevista Ricardo Teixeira , um dos primeiros a ser confirmado

Ricardo Teixeira @ foto escolha pessoal
Ricardo Teixeira @ foto escolha pessoal

Numa altura em que se vão conhecendo mais alguns detalhes da nova competição automóvel apelidada de EGT  fomos entrevistar um dos primeiro pilotos já confirmados.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir Ricardo Teixeira falar desta interessante modalidade que vai utilizar exclusivamente carros elétricos , mas desta vez da marca Tesla.

Ocasião ainda para percebermos que esta nóvel categoria vai passar por Portugal a partir de Agosto de 2017 , utilizando o Autódromo Fernanda Pires da Silva.

No final percebemos que Ricardo está em negociações para estar presente noutras competições.

Em suma: mais uma entrevista exclusiva que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

@F1 : #AbuDhabiGp by @Pirelli – #LewisHamilton vence e #NicoRosberg é #Campeao2016

GP ABU DHABI F1/2016 - ABU DHABI 27/11/2016  © FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)
GP ABU DHABI F1/2016 – ABU DHABI 27/11/2016
© FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)

HAMILTON VENCE, ENQUANTO O SEU COMPANHEIRO DE EQUIPE MERCEDES, ROSBERG VENCE O CAMPEONATO.

AMBOS COM ESTRATÉGIAS SEMELHANTES DE DUAS PARAGENS

FERRARI COM ESTRATÉGIA ALTERNATIVA DE DUAS PARAGENS.

SEBASTIAN VETTEL TERMINOU NO PÓDIO.

TERÇA-FEIRA SERÁ O TESTE FINAL DE DESENVOLVIMENTO, EM CONJUNTO COM TRÊS EQUIPES A TESTAR OS PNEUS DE 2017 COM CARROS PROTÓTIPO

A ultima corrida na era da degradação intencional de pneus chegou ao fim, com o piloto da Mercedes Lewis Hamilton a vencer o Grande Prémio de Abu Dhabi e o seu companheiro de equipe Nico Rosberg, terminou em segundo sagrando-se campeão do mundo pela primeira vez.

Ambos os pilotos da Mercedes utilizaram uma estratégia idêntica de duas paragens, iniciando com o composto Ultramacio, e trocaram os dois para macio com uma volta de diferença em ambas as ocasiões.

Sebastian Vettel em Ferrari adotou uma estratégia diferente, utilizando os três compostos. Iniciou com Ultramacio, trocou para macio e terminou a corrida com supermacio. Vettel foi o homem mais rápido na pista nos turnos finais, subindo na classificação para ameaçar os líderes e proporcionar um final emocionante de corrida.

Apenas os pilotos dos dois Red Bull, dos dez primeiros classificados não iniciaram com o composto ultramacio. Apesar de um pião devido a um contacto de outro carro no inicio da corrida, Max Verstappen em Red Bull foi capaz de subir até ao segundo lugar antes de realizar a sua única troca de pneus. Verstappen foi o único dos pilotos da frente a parar apenas uma vez, retirando o máximo do seu primeiro turno com Supermacios para ganhar posição na pista e eventualmente terminar na quarta posição.

Na terça-feira, terá lugar o teste final de desenvolvimento dos novos pneus 2017, com a Mercedes, Red Bull e Ferrari, juntos pela primeira vez a realizarem testes em pista com os carros protótipo modificados de 2015. A próxima geração de pneus mais largos, é concebida para ter menos degradação, introduzindo uma nova filosofia para a revolução técnica que irá proporcionar ainda mais desempenho desportivo no próximo ano.

Paul Hembery, Pirelli Motosport Director: “Foi fundamental a decisão de ontem tomada pela Red Bull, para começar a corrida de hoje com o Supersoft. Verstappen retirou o máximo de uma estratégia criativa de uma só paragem para desafiar os que realizaram duas paragens. Vettel também maximizou o desempenho do Supersoft para subir na fase final. Parabéns a Nico Rosberg por ter conquistado o seu primeiro titulo mundial e também gostaríamos de aproveitar a oportunidade para homenagear Felipe Massa e Jenson Button que ambos terminaram hoje as suas fantásticas carreiras na Fórmula 1. Agora que acabou a época 2016, o nosso foco muda já para o próximo ano, terça-feira iniciamos com os ultimos testes de desenvolvimento final dos novos pneus de 2017, que vão ser mais largos, e utilizaremos os três carros protótipo de cada marca que pela primeira vez vão estar juntos.”

Melhores tempos do dia por composto:

MACIO SUPERMACIO ULTRAMACIO

Primeiro RIC 1m44.889s VET 1m43.729s HAM 1m46.191s

Segundo HAM 1m45.137s ALO 1m44.495s ROS 1m46.394s

Terceiro RAI 1m45.163s GRO 1m44.970s RAI 1m46.479s

OS TURNOS MAIS LONGOS DA CORRIDA POR COMPOSTO:

MACIO Ericsson 38 Voltas

SUPERMACIO Verstappen 21 Voltas

ULTRAMACIO Perez 9 Voltas

A NOSSA PREVISÃO: Como previmos, Lewis Hamilton venceu a corrida com duas paragens, iniciou com Ultramacio e trocou para macio nas voltas 8 e 29. Rosberg seguiu uma estratégia semelhante, parando uma volta mais tarde em cada ocasião.

#F3 : #MacauGp – @Pirelli com Antonio Felix da Costa

Podium: Race winner Antonio Felix da Costa (PRT) Carlin Dallara Volkswagen. 20.11.2016.
Podium: Race winner Antonio Felix da Costa (PRT) Carlin Dallara Volkswagen.
20.11.2016.

ANTÓNIO FELIX DA COSTA, VENCEDOR DO GP DE MACAU,ELOGIA OS PNEUS P ZERO

FELIX DA COSTA: “ SÃO REALMENTE BONS E ACRESCENTAM MAIS UM DESAFIO A ESTE DIFICIL EVENTO”

O VENCEDOR SOMA MAIS UM TRIUNFO NO TRAÇADO DA GUIA, APÓS A VITÓRIA EM 2012

A Pirelli não poderia ter uma estreia melhor no grande prémio de Macau , a prova mais prestigiada do calendário internacional de Fórmula 3, que ocorreu este fim de semana no circuito urbano da Guia com a vitória de António Félix da Costa. O piloto luso, que logrou a sua segunda vitória na prova, elogiou o rendimento dos pneus Pirelli P Zero DM que se estrearam na competição.

António Felix da Costa repetiu a vitória no grande prémio de Macau de Fórmula 3,após uma emocionante corrida decidida num duelo final com Felix Rosenqvist e Sergio Sette Camara. Tanto o vencedor como os restantes 28 inscritos nesta importante cidade do automobilismo internacional, equiparam com os pneus P Zero DM, uma referência nas categorias inferiores de monolugares. A Pirelli apenas formalizou o acordo como fornecedor exclusivo sete semanas antes, o que obrigou à realização de um trabalho contra o tempo e muito intenso, pelas particularidades do circuito.

No final da prova, as palavras de Felix da Costa atestaram o excelente trabalho realizado: “Os pneus são realmente bons. Mais, acrescentam mais um desafio a Macau, já que têm um pico de rendimento mais elevado quando são novos e degradam-se pouco. Isto contribui para melhorar o espétaculo em pista, o que é preciso em competições destas”.

Matteo Braga, responsável de Competição da Pirelli, valorizou a experiência da perspectiva da marca: “Apesar de dispormos de pouco tempo para preparar este importante desafio, estamos mais que satisfeitos com o rendimento dos nossos pneus num circuito único como este. Este fim de semana, permitiu-nos para acumular dados muito relevantes e que nos serão de grande utilidade para o futuro. Quero aproveitar para felicitar o Antonio Félix da Costa e a Carlin, como a todos os restantes pilotos que assimilaram as caracteristicas dos nossos pneus, de uma forma rapida e foram capazes de trabalhar com as suas equipas em multiplas e diferentes abordagens”.

O GP de Macau inicia a fase final da temporada internacional para a Pirelli, que viverá o momento alto do fim de semana com a disputa do Grande Prémio de Abu Dhabi de Fórmula 1. Este será decisivo para a atribuição do titulo final e concluirá no próximo 4 de Dezembro em Valência e Daytona, cenário das finais Mundiais do Lamborghini Supertroféu e Challenge Ferrari respetivamente.

#AfricaEcoRace : #16ValvulasEntrevista Elisabete Jacinto que está pronta para mais uma participação

Elisabete e Equipa @foto escolha pessoal
Elisabete e Equipa @ foto escolha pessoal

Mais uma vez a simpática piloto Elisabete Jacinto aceitou o desafio para vir ao 16Válvulas.

Desta feita a tarefa é de falar sobre a temporada de 2016 , com análise às suas presenças nas varias provas onde esteve com o seu camião MAN , mas também de percebermos como encara a ida a mais uma edição da Africa Eco Race.

Assim nos próximos minutos vão poder ficar a perceber as novidades que passam além do novo “sponsor” , mas também de um motor mais “vitaminado” para que a edição 2016 da mítica prova que vai terminar uma vez em Dakar seja coroada com mais um excelente resultado para a experiência piloto.

No final ficam ainda palavras de antevisão daquilo que poderá vir a ser o seu ano de 2017 a nível competitivo.

Em suma: mais uma entrevista que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas