Rali Cidade de Guimarães com sabor agridoce para Paulo Neto


Paulo Neto / Vitor Hugo fizeram no Rali Cidade de Guimarães uma excelente exibição, conseguindo ser por diversas vezes os mais rápidos entre os concorrentes do Campeonato Nacional Grupo RC3, mas infelizmente a mecânica nem sempre colaborou.

Pedro Neto
Pedro Neto

A prova não começou bem para nós, pois fizemos um pião na super-especial e tivemos dificuldade em engrenar a marcha atrás, o que nos levou a perder muito tempo logo na fase inicial do rali”, começa por dizer Paulo Neto, adiantando que “a partir daí apostamos em andar o mais depressa possível para recuperar tempo para os nossos adversários, mas na 4º especial um pequeno problema elétrico levou o motor a calar-se na parte final do troço, o que nos fez perder dois minutos. Voltamos de novo atacar e o resultado foi o melhor tempo em três troços da secção matinal entre os concorrentes do Nacional de Ralis que utilizam carros de duas rodas motrizes. Na parte final do rali optamos por não arriscar tanto para não comprometer o segundo lugar no Grupo RC3, que nos mantém na liderança desta competição. Como vencemos sete troços em dez possíveis no Grupo RC3, acabamos por ter praticamente a mesma pontuação que o nosso adversário direto nesta prova“.

No final do Rali Cidade de Guimarães existia a satisfação na equipa Paulo Neto Sport acima de tudo pela exibição. “Penso que conseguimos provar que podemos andar entre os mais rápidos nas duas rodas motrizes. Os resultados obtidos nesta prova em diversos troços mostram que estamos mais competitivos o que nos abre melhores perspetivas para as próximas provas. Infelizmente ainda não tivemos o Citroen DS3 R3T perfeito, pois temos a sensação de que os resultados poderiam ter sido ainda melhores nesta fase inicial do Nacional de Ralis” afirma Paulo Neto.

Para concluir o piloto de Sintra diz que “novamente em Guimarães, como aconteceu no serras de Fafe, esteve muito público a acompanhar o rali, o que é excelente para promover os patrocinadores que nos apoiam. É gratificante poder participar numa prova com esta moldura humana a apoiar-nos”.

A Paulo Neto Sport e a RF Competições vão agora começar a preparar a participação na maior prova de estrada, o Rali de Portugal, que estará na estrada a partir do dia 5 de abril.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s