Bruno Magalhães preparado para o primeiro desafio do ano na Grécia


O Rali da Acrópole na Grécia arranca já no próximo fim-de-semana de 28 a 30 de Março, a terceira prova do Campeonato Europeu de Ralis e que este ano vai contar com a presença do piloto português Bruno Magalhães aos comandos do Peugeot 207 S2000 da Delta Rally.

Bruno Magalhães está preparado!
Bruno Magalhães

Se esta prova marca o regresso de Bruno Magalhães a um programa desportivo mais alargado que nos últimos anos, irá marcar também a despedida do piloto português de um carro com o qual foi vitorioso nos últimos anos. Foi ao volante do 207 S2000 que conquistou os três títulos de Campeão Nacional para além de uma série de sucessos e vitórias no Europeu e no IRC. Aliás, o carro que vai estar na Grécia é exactamente o mesmo com que em 2007 Bruno Magalhães conseguiu a sua primeira vitória à geral, oferecendo à Peugeot a primeira vitória mundial deste modelo. Por todas as razões este será uma prova emotiva. Depois, e já nos Açores, o piloto luso passará a ter nas mãos o novíssimo Peugeot 208 T16.

Esta será por isso um rali de transição. Uma prova em que Bruno e o seu navegador Carlos Magalhães encaram com motivação e optimismo e o mote passa por: “Ganhar ritmo competitivo em situação de real competição. Estou há muitos meses afastado e é essencial fazer o máximo de quilómetros para depois enfrentar novo desafio com o 208 T16. Vamos dar como sempre o nosso melhor e será interessante comparar o 207 com as viaturas da nova categoria”, começou por referir Bruno Magalhães.

A lendária prova grega vai este ano contar com um figurino distinto, já que no primeiro dia de prova os troços serão percorridos em asfalto e no segundo em terra, tornando-se um desafio ainda maior para equipa e pilotos que têm de preparar bem as suas máquinas:

“Vai ser um fim-de-semana complicado, até porque é um prova demolidora nos troços de terra. Para além disso, conta com a melhor lista de inscritos, com 16 carros nas principais categorias. Vamos estar muito atentos e procurar fazer um bom trabalho ao mesmo tempo que queremos avaliar o desempenho dos 208”, continuou o tricampeão Campeão Nacional.

Depois de nos últimos anos ter feito programas desportivos curtos, este regresso com seis provas no Europeu, só é possível graças ao apoio dos patrocinadores de Bruno Magalhães que continuam a acreditar no seu profissionalismo: “Gostava de nesta prova inicial conseguir um bom resultado que na realidade passa essencialmente por terminar a prova bem classificado mas também por andar rápido”, rematou Magalhães satisfeito por dar início à época desportiva para 2014.

O Rali será composto por 13 especiais de classificação com 238 quilómetros contra o cronómetro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s