#Moto2 : GP Argentina by Aires Pereira


Esteve Rabat
Esteve Rabat

As corridas de Moto2 estão a ganhar um protagonista crónico. Esteve Rabat, depois da saída dos seus principais opositores de 2013 (Redding e Espargaro) reina a seu bel-prazer nesta categoria. Com a vitória na Argentina Rabat consegue três pole positions, duas vitórias e um segundo lugar. Começa-se a desenhar o esperado com perda nítida da espectacularidade da prova.

 

Jonas Folger foi a figura dos treinos livres. O alemão esteve muito bem nas primeiras sessões de treino juntamente com Zarco e Viñales que monopolizaram os primeiros tempos. Aegerter deu um ar da sua graça numa das sessões e Rabat ia subindo de forma até arrebatar a pole position nos treinos cronometrados. Zarco e Simeon ficariam com os degraus seguintes completando a primeira fila.

E seria sem surpresa que Rabat liderava o pelotão na primeira curva levando na sua roda Simeon, Viñales, Folger, Corsi, Salom e Aegerter. Apesar do pelotão se ter mantido compacto durante bastante tempo Rabat conseguiu ganhar algum terreno aos demais levando com ele, a uma distância segura, Simeon que nunca viu o seu segundo posto ameaçado. Mais para trás acontecia então a verdadeira batalha. Viñales que era o principal opositor de Rabat ficava pelo caminho com um erro que levaria a sua montada até à gravilha. Folger acabaria da mesma forma. Ambos os pilotos voltaram a montar despois da queda mas só Folger logrou levar a moto até à bandeira de xadrez, enquanto Viñales entrava nas boxes para terminar aí a sua corrida. Ficavam então Corsi, Salom e Aegerter para disputar o terceiro posto. Ma luta titânica entre Corsi e Salom levaria o público da Argentina ao rubro, mas a 3 voltas do fim Salom impôs a sua condução deixando Corsi a contas com Aegerter que até aí não tinha mostrado capacidade para se intrometer. O que é um facto é que Corsi, depois de ter andado no terceiro posto durante a maior parte da corrida deixaria a porta aberta a Aegerter na última curva sendo relegado para a 5ª posição. Rabat arrecadaria o 1º lugar sem grande problema, Simeon assegurava o 2º posto e Salom ganhava a batalha pelo último degrau do pódio. Com isto Rabat isola-se no comando com quase 30 pontos de vantagem para o segundo após 3 provas.

 

1º Esteve Rabat – Kalex (70 pts), 2º Mika Kallio – Kalex (42 pts), 3º Maverick Viñales – Kalex (38 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s