#Moto2 2014 , Mugello – crónica by Aires Pereira


Ultrapassagem de Rabat a Aegerter
Ultrapassagem de Rabat a Aegerter

Uma grande corrida de Rabat volta a colocar o principal pretendente ao trono longe da concorrência que neste caso vem do próprio companheiro de equipa, Mika Kallio, agora a 24 pontos de distância. Excelente corrida de Folger que deu tudo o que tinha e que não tinha para conseguir levar de vencida a luta contra Rabat e Salom mas que não chegou. A prova de Moto2 acabou por ser empolgante e diferente para melhor no que toca a 2014.

 

Esteve Rabat dominou por completo o fim-de-semana com a honrosa excepção do warm-up onde Folger se conseguiu impor. De resto os melhores tempos variaram muito em todas as sessões com vários pilotos a obterem os melhores tempos. Exemplo disso é a diferença dos tempos da qualificação onde os três primeiros ficaram separados por 197 milésimos. Rabat obteve a pole position, Sam Lowes obteve o 2º melhor tempo e Sandro Cortese fecharia a primeira linha. Mika Kallio sentiu sempre muitas dificuldades tendo-se qualificado com o 11º tempo.

A prova teve início com um excepcional arranque de Rabat da pole position mas Folger que partia da 2ª fila faz um aproximar da curva brilhante e com uma derrapagem controlada da roda traseira absolutamente genial (só possível com os pneus que equipam Moto2) consegue curvar à frente de Rabat ganhando desde logo várias dezenas de metros. Curiosamente os três primeiros na primeira curva seriam os três primeiros na linha de meta, mas não foi sempre assim. Rabat após a ultrapassagem de Folger perde algumas posições enquanto Kallio subia na classificação adivinhando-se uma luta pela primeira posição. Mas Rabat tinha um trunfo. Pneus duros que viriam a ser preciosos após metade da corrida quando todos s outros começavam a sofrer de desgaste. E foi isso que levou à recuperação de Rabat e à caída de Kallio na classificação. Folger que levou a sua moto a liderar a maior parte da corrida não resistia a Salom que tinha que passar para a frente a fim de resistir a Rabat que se aproximava. E a meia dúzia de voltas do final consuma-se a ultrapassagem de ambos a Folger que acabou por abandonar a luta pelo 1º lugar em detrimento de uma segura terceira posição. Mas Rabat estava muito forte e nem a mestria de Salom resistiu ao assalto à liderança do espanhol que assim acabaria por levar a corrida de vencida. Salom teria que se contentar com o segundo lugar do pódio e Folger arrecadaria o terceiro posto. Uma corrida plena de emoção e não só pelo primeiro lugar, que contrasta com a monotonia que tem caracterizado esta categoria em 2014

 

1º Esteve Rabat – Kalex (124 pts), 2º Mika Kallio – Kalex (102 pts), 3º Maverick Viñales – Kalex (69 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s