Signatech Alpine vence Le Mans Series no Red Bull Ring


Uma nova e disputada prova das European Le Mans Series terminou ontem com a vitória da equipa francesa Signatech Alpine no circuito austríaco Red Bull Ring. A Jota Sport conseguiu a pole com um tempo de 1:23.078, 0.7 segundos mais rápido que o tempo conseguido pelo vencedor do ano passado, Zytek-Nissan. O facto dos seguintes seis carros estarem separados por menos de 0,5 segundos demonstra como foi renhida a sessão de classificação, na qual a Race Perfomance Oreca-Judd obteve a segunda posição.ELMS_RBR_Podium

A primeira linha liderou até às primeiras paragens, momento em que o n.º 28 da Greaves Motorsport Zytek tomou a liderança durante uma volta, tendo sido depois rapidamente ultrapassado pela Newblood by Morand Racing Morgan. Esta liderança durou apenas uma volta, já que a Race Performance se posicionou em primeiro lugar até à volta 52, para uma luta entre a Jota e a Signatech Alpine pela vitória.

A prova foi digna de um sprint com um constante duelo entre as duas equipas que mudavam continuamente de posição. Após quatro horas, a Signatech cruzou a meta 12 segundos à frente da Jota com a Race Performance na terceira posição. Os líderes do campeonato até esta prova, Thiriet by TDS, retiraram-se com problemas de suspensão e a Signatech agora lidera o campeonato com quatro pontos de diferença sobre a Jota Sport.

As temperaturas do circuito austríaco alcançaram os 50 graus centígrados pelo que, ainda que se tenham utilizado os dois tipos de compostos durante a prova, os médios foram mais apropriados que os suaves. As equipas com compostos médios fizeram sessões duplas e triplas com os pneus durante a prova.

 

Vincent Vangoor, da Dunlop Motorsport: 

“O nível geral de prestações foi muito melhor do que no ano passado. Os tempos da pole position de 2013 este ano só teriam valido um sexto lugar, sendo este ano a volta 0,63 segundos mais rápida que a do ano anterior. Ter um campeonato de resistência em que as posições possam mudar, inclusivamente nas últimas voltas, é realmente bom para a competição. Os pneus suaves funcionaram muito bem em Imola e Le Mans, mesmo a altas temperaturas, mas neste circuito o comportamento do pneu médio foi espetacular com tempos de volta muito consistentes durante muitas sessões”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s