#Moto2 – @#Indianapolis , crónica by Aires Pereira


Mika Kalio
Mika Kalio

Kalio continua a diminuir a diferença para o líder do campeonato e seu companheiro de equipa, Rabat ao vencer a disputa de Indianápolis. Um grande número de acidentes, nomeadamente na curva 2 e um reinício de corrida derivado ao acidente de Pasini são os aspectos mais relevantes numa corrida que não foi brilhante se bem que algo emotiva. Infelizmente, característica de Moto2 em 2014.

 

Não obstante todas as sessões de treinos até à qualificação terem sido dominadas por Aegerter, o Suíço não conseguiu evitar que as motos da Marc VDS fizessem o primeiro e segundo tempo ficando assim na pole position com Kalio e segundo com Rabat. Aegerter teve que se contentar com o último posto da 1ª linha. Corsi e Luthi também estiveram muito bem conseguindo alinhar com os primeiros nos treinos livres.

Uma corrida dividida em duas partes com ambas as partidas tiradas a papel químico. Assim a primeira largada viu uma partida fenomenal de Kalio a liderar e com Aegerter a conseguir suplantar-se a Rabat para a primeira curva. Viñales seguia logo atrás. À 3ª volta já Kalio detinha um bom avanço sobre Aegerter quando um acidente na curva 2 envolvendo vários concorrentes fez parar a corrida. A assistência a Matia Pasini estava demorada e foi mostrada a bandeira vermelha.

A segunda largada iria ser exactamente igual à primeira mas desta feita Aegerter não resistiu a Rabat e Viñales que seguiram atrás de Kalio. A história da corrida acabou por ser basicamente os acidentes que se sucederam com 6 concorrentes a ficarem retidos na gravilha e uns outros tantos a conseguirem voltar á pista. Só perto do final quando Rabat estava a ser verdadeiramente apertado por Viñales é que a emoção voltou. Rabat viu-se ultrapassado na recta da meta por Viñales em face do cone de ar levando longe demais a sua travagem a fim de tentar evitar a ultrapassagem, acabando por alargar a trajectória e dando oportunidade a que, não só Viñales mas também Aegerter o passassem, sendo relegado para 4º lugar acabando por perder mais pontos do que estava previsto para Kalio que liderava. E liderou até ao final cortando a linha de meta em primeiro lugar seguido de Viñales e Aegerter. O campeonato está ao rubro com 7 pontos de diferença entre Rabat, ainda líder e Kalio. Esperemos que esta diferença de pontuação traga mais alguma emoção a esta categoria.

0

1º Esteve Rabat – Kalex (124 pts), 2º Mika Kallio – Kalex (102 pts), 3º Maverick Viñales – Kalex (69 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s