#Motogp @#Indianapolis , crónica by Aires Pereira


Marquez, Lorenzo e Rossi
Marquez, Lorenzo e Rossi

Pista remodelada, pilotos frescos, contractos renovados e o resultado é o mesmo. 10ª vitória de Marc Marquez em 10 provas e 8ª pole position. Temos que recuar até 1997 com Doohan e 1970 com Agostini para termos uma série igual. Impressionante! Nem mesmo Rossi verdadeiramente inspirado e Lorenzo completamente “renovado” conseguiram fazer frente a Marquez!

 

Os treinos começaram com Rossi a apoderar-se do melhor tempo nos primeiros treinos livres. À tarde já foi Marquez a marcar o passo. Stefan Bradl iria conseguir suplantar a concorrência na FP3 para Marquez voltar a comandar os melhores tempos na FP4 e na qualificação. Não foi uma sessão completamente dominada pelas Honda, longe disso, até porque Pedrosa encontrou várias dificuldades de acerto durante todo o fim-de-semana. Com Marquez na Pole Position, Dovizioso assegurava um espectacular segundo melhor tempo enquanto Lorenzo garantia lugar na fila da frente com o terceiro tempo. Rossi quedar-se-ia pelo 5º tempo e Pedrosa não ia além do 8º.

Como já é normal Marquez não é famoso pelas suas partidas e Indianápolis não foi diferente. Aproveitando a deixa do espanhol Dovizioso faz um arranque canhão e Rossi, da segunda fila salta para trás do compatriota da Ducati. A primeira curva é da Ducati mas a segunda já é da Yamaha de Rossi com Marquez a ficar atrás de Lorenzo. Dovizioso não desiste e ataca Rossi que rapidamente contra-ataca causando uma ligeira saída da trajectória para ambos. Marquez e Lorenzo aproveitam para passar, situação que é imediatamente reposta em relação a Lorenzo na curva seguinte e passadas ½ dúzia de curvas Marquez alarga a trajectória deixando Rossi ascender novamente ao comando da corrida. A luta entre Lorenzo e Marquez intensifica-se e Lorenzo tenta passar Marquez no fim da recta da meta aproveitando o cone de aspiração. Contudo Rossi é demasiado lento a entrar na curva 2 fazendo com que Lorenzo e Marquez o acompanhem na trajectória causando um espectáculo digno de ser visto. Uma curva apertada a três! Marquez acaba por levar a melhor e mesmo com imediata reacção tanto de Lorenzo como de Rossi o campeão do mundo acaba por, paulatinamente ir ganhando ascendente acabando por ganhar naturalmente a corrida. As Yamaha de Lorenzo e Rossi acabam nos lugares seguintes e Pedrosa queda-se pelo 4º posto fazendo com que Rossi recupere 3 preciosos pontos no campeonato.

 

1º Marc Marquez – Honda (250 pts), 2º Dani Pedrosa – Honda (161 pts), 3º – Valentino Rossi – Yamaha (157 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s