#Moto3 #Brno -crónica by Aires Pereira


Masbou a cortar a meta
Masbou a cortar a meta

Uma prova atípica com um pódio constituído na sua totalidade por pilotos pouco prováveis de ocupar estas posições e com vitória soberba de Alexis Masbou. Nem um dos líderes do campeonato subiu ao pódio para festejar, mas houve quem festejasse cedo demais. Miguel, envolvido desde o início no pelotão da frente alcançou um sólido 7º posto.

Pode dizer-se que os melhores tempos na qualificação andaram bem espalhados pelo pelotão de Moto3 e a grelha também viu a constituição da 1ª linha bem diferente do habitual. Assim Alex Marquez e Enea Bastianini acabaram por conseguir superiorizar-se ao longo dos treinos livres, tendo Marquez acabado mesmo por fazer a pole position. Viñales e Antonelli ficavam logo a seguir com Bastianini a não fazer melhor que o 9º tempo. Miguel Oliveira, ao contrário do que tem vindo a ser habitual fez uns treinos livres muito modestos mas obteve uma óptima qualificação saindo do 5º posto na grelha. Com 21 pontos de diferença Miller defendia aqui a liderança do Mundial sem grande problema saindo somente do 6º posto.
A primeira curva era feita com Marquez a liderar o pelotão. Pelotão este que era constituído sensivelmente por 20 motos. A história da corrida é a história das ultrapassagens dentro de um pelotão destas dimensões. Nestas provas é fundamental não errar porque a potência das 250cc não permite recuperações em velocidade. Como tal foi fácil de ver líderes a caírem para o 7º posto (ou às vezes mais) por errarem numa trajectória ou falharem uma abordagem a uma curva ou ultrapassagem. Miguel conseguiu sempre andar na frente, sensivelmente no 7º posto onde acabou por ficar na linha de meta. Com este resultado Miguel acabou por cair um posto no campeonato do mundo, fruto da excelente performance de Bastianini. A corrida era muito perigosa para os líderes do campeonato pois havia muita gente sem nada a perder e isso foi notório nas abordagens das voltas finais com Miller a contentar-se com o 5º posto, Vazquez no 8º, Rins logo a seguir no 9º e Marquez a bater a concorrência no 4º. Mas percebeu-se que não valia a pena lutar por algo que lhes poderia trazer amargos de boca. Rins conseguiu enganar-se quando festejou a “vitória” uma volta antes de a corrida acabar. Com isto Masbou acabou por levar a melhor na roleta da última volta com Bastianini e Kent a assumirem o 2º e 3º posto respectivamente.

1º Jack Miller – KTM (169 pts), 2º Alex Marquez – Honda (146 pts); 3º Efren Vazquez – Honda (145 pts)…9º Miguel Oliveira – Mahindra (71 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s