#moto3 – #Silverstone 2014 : crónica by Aires Pereira


Rins, Marquez, Bastianini e Miguel Oliveira
Rins, Marquez, Bastianini e Miguel Oliveira

Faltou um “danoninho” para Miguel Oliveira ganhar esta corrida, mas foi 4º. Foi Rins que acabou por ganhar o seu primeiro grande prémio de 2014. Mais uma corrida, na sua maior parte com cerca de 20 motos no pelotão da frente e com muitas mudanças de líder pelo meio. Excelente, tal como quase todas as corridas de Moto3 esta época.

 

Na generalidade os melhores tempos dos treinos acabaram por pertencer aos suspeitos do costume. Miller, Marquez e Rins fizeram o que melhor sabem fazer, ficar no topo. A maior ascendência das motos da Estrella Galicia (Rins e Marquez) acabou por se revelar na qualificação com Rins a fazer a pole position e Marquez o terceiro posto. Miguel andou sempre muito bem nos treinos e acabou por fazer o 7º tempo.

A corrida, que em Inglaterra por causa do horário passa de ser a primeira para ser a última, decorreu com bom tempo e as Honda de Rins e Marquez marcaram o ritmo no início. Mas rapidamente se formou um pelotão de, aproximadamente de 20 motos a lutar pela vitória, situação que nunca agradou a Miller cuja liderança do campeonato poderia ser posta em causa derivado a um qualquer erro dos não pretendentes ao ceptro final. Mas o Miller até estava com sorte pois Vazquez e Fenati acabaram por não constituir ameaça o que aguçava a necessidade de Miller acabar à frente de Marquez que era o único que poderia aproximar-se. Juntamente com as motos de Rins, Marquez e Bastianini, Miller tentava aumentar o seu ascendente no campeonato. Mas pese embora a tentativa do Australiano o pelotão de 20 motos acabou por o engolir. Miguel Oliveira que desde cedo mostrou tinha intenções de mostrar a sua Mahindra no topo da classificação acabou por conseguir sair do pelotão juntamente com Rins, Marquez e Bastianini para uma luta a quatro até ao fim. A liderança foi repartida pelos quatro pilotos durante estas últimas voltas mas acabou por ser Rins que faria valer a pole position liderando este quarteto à passagem da bandeira de xadrez, batendo o seu companheiro de equipa, Marques por 11 milésimos de segundo. Miguel acabaria atrás de Bastianini e Miller ainda acabaria por subir até à 6ª posição minimizando os estragos. Miller tem assim 13 pontos de vantagem para Marquez e Rins vem logo 16 pontos atrás ultrapassando Vazquez para o terceiro posto do mundial. Miguel que perdeu na luta directa com Bastianini mantém o 9º posto.

 

1º Jack Miller – KTM (179 pts), 2º Alex Marquez – Honda (166 pts); 3º Alex Rins – Honda (150 pts)…9º Miguel Oliveira – Mahindra (84 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s