#EWC : Pilotos de resistência da #Dunlop disputam vitórias e títulos em #LeMans


O circuito de Le Mans, em França, recebe nos dias 20 e 21 de setembro a quarta e última prova do Campeonato Mundial de Endurance da FIM (EWC) 2014. Todas as equipas que utilizam pneus Dunlop querem ganhar a corrida, mas apenas três têm os olhos postos no título. As equipas Honda Racing, Suzuki Endurance Racing (SERT) e a equipa Motors Events April Moto podem vencer o campeonato. Na categoria de motos Superstock, o Mundial de Resistência também chega à última prova com tudo por decidir.

Dunlop
Dunlop

Entre as equipas Dunlop, a Honda Racing é a que está melhor posicionada, ocupando o quarto lugar com 54 pontos, pelo que com esta corrida precisa pelo menos de 37 pontos, entre 60 possíveis (10 para liderar a corrida em cada parcial às 8 e 16 horas, e 40 para a vitória). As equipas SERT e Motors Events April Moto, Campeã do Mundo de Resistência em 2013, seguem-se na pontuação, sendo que ambas as equipas precisam de mais 10 pontos.

Na categoria Superstock a equipa vencedora da Bol d’Or, Junior Team Le Mans Sud de Suzuki, lidera a classificação mas tal como na EWC existem 60 pontos à disposição dos muitos adversários a disputar o título, incluindo a equipa AM Moto Racing Competition, que também está equipado com pneus Dunlop e que ocupa atualmente o terceiro lugar.

O desempenho da Honda Racing na última prova de Oschersleben foi um êxito enorme, alcançando a vitória através de uma estratégia de sete revezamentos e à decisão de utilizar numa das vezes pneus para a chuva, não tendo sido necessário recorrer a pneus de permanência dupla. As restantes equipas utilizaram os mesmos pneus em revezamentos consecutivos sem qualquer problema, algo necessário segundo os regulamentos de 2014.

Na Bol d’Or e Suzuka choveu tanto que até agora a permanência dupla ainda não tinha sido necessária, mas em LeMans a durabilidade dos pneus pode ser um fator decisivo na hora de conseguir o título. É permitida a utilização de 45 pneus por moto durante toda a corrida e se não chover durante as 24 horas, estima-se que cada equipa use cinco pneus de permanência dupla.

Pneus

A gama de pneus Dunlop para o EWC no fim-de-semana inclui três pneus traseiros e dois dianteiros para cada uma das especificações: piso molhado e piso seco. Os compostos são escolhidos de acordo com as temperaturas, para se adaptarem a temperaturas altas, moderadas ou mais baixas. Cada um deles tem uma ampla janela operacional para os parâmetros em mudança.

Dunlop nas Le Mans 24 Horas em números 

56 Equipas no total

104 Pilotos Dunlop Nacionalidades: 60 Franceses, 3 Britânicos, 3 Belgas, 2 Australianos, 1 Espanhol, 1 Suíço, 1 Alemão, 1 Polaco, 1 Japonês, 1 do Catar (confirmado até à data)

26 Equipas Dunlop  Fabricantes: 10 Suzuki, 1 Honda, 11 Kawasaki, 2 Yamaha, 1 Metiss

Alocação de pneus  45 por moto para o EWC

Títulos                     8/10: A Dunlop ajudou as equipas a vencerem oito dos dez últimos títulos

14/20: Nos últimos 20 anos os pilotos com pneus Dunlop foram coroados vencedores 14 vezes

Vitórias de corridas  39/72: Das 70 corridas realizadas desde 2002, as equipas Dunlop estiveram no lugar cimeiro do pódio 38 vezes

Estatísticas da corrida: À frente por uma distância

A equipa Honda Racing terminou a corrida de Oschersleben mais de duas voltas à frente da concorrência – ou seja, 4334 metros – ou 2080 Honda CBRs roda-a-roda.

Peter Chapman, Coordenador da Corrida EWC da Dunlop:

“Todo o trabalho árduo que levámos a cabo ao longo da última temporada e durante o inverno está a dar frutos. Os pneus são bons e as nossas equipas são rápidas e fiáveis. Podemos vencer esta corrida independentemente das condições da pista, tendo em conta que as condições climatéricas no circuito de Le Mans podem variar consideravelmente. Os nossos pneus têm uma durabilidade excelente e era ótimo vermos isso comprovado em pista e perceber como as equipas utilizam os pneus de permanência dupla de acordo com as condições da corrida, antes que o número de pneus permitidos seja ainda mais limitado no próximo ano. Em 2015, serão permitidos 30 pneus tipo slick para uma corrida de 24 horas, pelo que cada pneu terá de durar 2 revezamentos. Muitas das nossas equipas já fazem isto, incluindo a R2CL quando conquistou o 2º lugar no circuito de Le Mans no ano passado.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s