#MotoGp #MalaysianGP #Sepang : Crónica by Aires Pereira


 

Marquez, Lorenzo e Rossi
Marquez, Lorenzo e Rossi

Inglês

Another record that fell. Marquez equaled Mick Doohan in the number of GP won in a single season and Valencia still to come. 12 wins for the Magic Marquez that had an interesting battle with Rossi until the Italian loses grip at the front wheel and gave up the fight. Another DNF for Pedrosa and the issue of runner-up is pretty much decided by Rossi 12 points ahead of Lorenzo.

 

Mais um recorde que caiu. Marquez igualou Mick Doohan no número de provas ganhas numa só temporada e ainda falta Valência. São 12 vitórias para o mágico Marquez que desta vez teve uma luta bem interessante com Rossi até este perder a aderência na frente e desistir da luta. Mais uma desistência de Pedrosa e a questão do vice-campeonato está praticamente decidida com 12 pontos de vantagem de Rossi sobre Lorenzo.

 

Nota-se que Marquez corre agora muito mais solto o que não significa melhores resultados, mas é um facto que ele os consegue e Sepang foi mais um.

Os treinos demonstraram Marquez, Lorenzo e Pedrosa a rodarem ao mesmo nível com Rossi um pouco menos rápido. De facto Lorenzo estava sempre no meio das Honda de Pedrosa e Marquez com ligeiro ascendente para Pedrosa que parecia querer recuperar a 2ªposição no campeonato. Mas acabou por ser “mais do mesmo” com Marquez a fazer a pole position enquanto Pedrosa se contentava com o segundo tempo. Lorenzo fechava a primeira fila e Rossi fechava a segunda.

Toda a primeira fila saiu bem da largada com as três motos a chegarem à primeira curva em linha. Como não há espaço para todas algo teria que acontecer e Marquez que estava do lado de fora é quem sofre as consequências. Pedrosa aproveita a confusão para liderar o pelotão nas primeiras curvas. Situação que foi prontamente rectificada por Lorenzo que tomou então as rédeas da corrida tentando fazer o que ele mais gosta que é liderar a corrida. Mas Rossi não estava pelos ajustes e com uma ajudinha de Pedrosa que resolveu “atirar-se” para o chão ainda nas primeiras voltas encetou a caça ao líder. Mas trazia com ele Marquez o que o colocava numa posição difícil de ter de atacar e defender ao mesmo tempo. Mas Lorenzo cedeu e Rossi passou a comandar a corrida. O que Rossi não contava é que Marquez passasse quase de imediato começando a caça ao “Il Doutore” que acabou eventualmente por trazer os seus frutos com uma saída larga de Rossi à entrada da recta da meta que Marquez aproveitou para tomar a liderança da corrida. Pensou-se que a corrida tinha acabado, mas de facto Rossi conseguiu manter-se atrás de Marquez até às últimas voltas, pressionando-o para que este fizesse um erro mas tal não aconteceu. Com isto a roda da frente de Rossi começou a não responder e este teve que largar o “osso”. Mas a degradação do pneu foi de tal ordem que Lorenzo quase apanhava o companheiro, chegando colado a este no final da prova. Marquez iguala o recorde de Doohan do maior número de GP ganhos numa só época e ainda falta Valência.

 

1º Marc Marquez – Honda (337 pts), 2º Valentino Rossi – Yamaha (275 pts), 3º – Jorge Lorenzo – Yamaha (263 pts)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s