#CNR: #DS3 #Vodafone Team apresenta projeto para 2015


A DS vai apresentar-se no Campeonato Nacional de Ralis (CNR), no que constitui um desafio desportivo e simultaneamente um vector de imagem inscrito no projecto da recém-lançada Marca DS. Surgirá com uma das mais recentes propostas que constam do programa de Competição Cliente, o DS 3 R5. A bordo estará a dupla José Pedro Fontes/Inês Ponte, integrados numa estrutura que irá competir com a denominação DS 3 Vodafone Team e que representa um novo aliciante para os adeptos da “modalidade rainha” do desporto automóvel em Portugal e para os apreciadores da Marca DS e das restantes entidades parceiras da equipa.

José Pedro Fontes e Inês Ponte
José Pedro Fontes e Inês Ponte

«Estamos muito satisfeitos por associarmos a DS e em particular o DS 3 ao Campeonato Nacional de Ralis, o principal campeonato de provas de estrada do nosso País, categoria que tem vindo a crescer em termos de importância, popularidade e competitividade. Consideramos este desafio como uma dupla oportunidade, já que nos permite projectar a recém-criada Marca DS e um modelo com uma personalidade tão cativante como o DS 3, além de nos associarmos aos valores que estão associados ao desporto dos Ralis, uma modalidade tão querida dos portugueses,» refere Jorge Magalhães, Director de Comunicação das Marcas do Grupo PSA (DS, CITROËN e PEUGEOT) em Portugal.

Para a DS, trata-se de um palco por excelência para a divulgação e implantação da Marca, como nova entidade no panorama comercial português. A ilustrá-la estará o DS 3 R5, modelo que já deu provas da sua competitividade, quer na estreia no ano passado, quer este ano no Rali de Monte-Carlo.

«Será, de facto, o DS 3 R5 a arma para disputar o CNR em 2015 e 2016, pelas mãos do experiente José Pedro Fontes, navegado por Inês Ponte, dupla que se sagrou Vice-Campeã de Ralis no ano passado, numa conjugação de factores que dará uma acrescida mais-valia ao campeonato,» acrescentou aquele responsável.

Apresentado mundialmente no paddock do Rali de Portugal de 2013, este modelo da categoria R5 (competindo nos campeonatos WRC2, Europeu e do Médio Oriente) conta com a grande maioria dos genes do DS 3 WRC, derivativo com que a Citroën Racing disputa oficialmente o WRC, com especial destaque para o motor 1.6 litros turbo de injecção directa, que debita cerca de 280 cv, às quatro rodas motrizes, caixa de velocidades sequencial, suspensões McPherson, etc.

No seu interior estarão dois nomes que se destacam em termos de palmarés e de características: José Pedro Fontes, piloto pluri-Campeão em diversas modalidades de desporto motorizado (nomeadamente ralis, velocidade) e Inês Ponte, uma representante feminina na bacquet do “pendura” já perfeitamente entrosada com o piloto, tendo-o acompanhado no último ano no CNR e com quem assegurou o título do escalão RGT e o vice-campeonato em termos absolutos.

«É um grande orgulho estar aos comandos de um DS 3, modelo de uma marca herdeira de uma história de tanto sucesso nos ralis nacionais e internacionais como é a da Citroën. Além disso, tenho um passado familiar ligado a essa marca, já que o meu pai competiu com diferentes modelos do ‘double chevron’, inclusive como piloto de fábrica no Rali de Portugal de 1987 num Citroen AX Sport,» refere José Pedro Fontes. «Penso que temos as condições reunidas para disputarmos as vitórias em diferentes provas e os títulos dos campeonatos de 2015 e 2016, como é nosso objectivo».

Para além do envolvimento da DS, e da Vodafone como patrocinador principal, este projecto conta ainda com as seguintes entidades como parceiras: Milanesa, ExpressGlass, Sony e Total. A preparação estará a cargo da estrutura profissional da Sports & You, actual Campeã Nacional de Equipas/Ralis, que nos últimos anos tem conquistado diversos títulos nas diferentes categorias em que esteve envolvida, dos ralis ao todo-o-terreno e à velocidade em provas de circuito.

«Não posso deixar, também, de manifestar a minha satisfação em continuar a manter os meus parceiros de longa data, como a Vodafone, a Milaneza e a Expressglass neste importante desafio da minha carreira,», acrescentou Fontes.

AS 8 PROVAS DO CNR 2015

O DS 3 Vodafone Team estará, assim, à partida das oito provas que compõem o Campeonato Nacional de Ralis 2015, sendo que seis delas serão disputadas no continente e duas nos arquipélagos dos Açores (São Miguel) e Madeira, num equilíbrio quase equitativo entre pisos de asfalto e de terra e distribuídas entre meados de Março e o início de Novembro:

Data                                       Prova                                                    Organizador

13 a 14 Março                        Rali Serras de Fafe                              Demoporto

10 a 11 Abril                          Rali Cidade de Guimarães                   Targa Clube

24 a 25 Abril                          Rali de Castelo Branco                        Escuderia de C. Branco

04 a 06 Junho                         Sata Rallye Açores                              Grupo Desportivo e Comercial

26 a 27 Junho                         Rali Vidreiro – Centro de Portugal      C. Automóvel da Marinha Grande

31 Julho a 02 Agosto             Rali Vinho da Madeira                        Club Sports da Madeira

18 a 19 Setembro                   Rali de Mortágua                                 Clube Automóvel do Centro

07 a 08 Novembro                 Rali Casinos do Algarve                      Clube Automóvel do Algarve

O DS 3 R5 EM DETALHE

Terceira declinação do DS 3 para os vários escalões de ralis internacionais, no âmbito do espírito «filière» da Citroën Racing, o DS 3 R5 surgiu depois dos DS 3 R1 e o DS 3 R3, todos eles destinados a escalões inferiores do WRC (WRC3, WRC2 e Junior WRC) e diferentes campeonatos nacionais. Este último teve, entretanto, uma evolução, denominada DS 3 R3-MAX.

Homologado a 1 de Abril de 2014, a sua estreia em competição teve lugar dias depois, no Rali de Sanremo, a que se seguiu, no primeiro fim-de-semana de Junho, o Rali de Itália/Sardenha, pontuável para o WRC e onde obteve um excelente 2º lugar na classe WRC2.

MOTOR

Tipo: EP6 CDT (Transversal, à frente)

Cilindrada: 1598 cc

Nº de cilindros: 4

Potência (cv.DIN): 280 cv às 6 000 rpm

Binário (Nm): 400 Nm às 2 500 rpm

Regime máximo : 7500 rpm

Injecção: Magneti Marelli

Admissão: Borboleta simples

Nº de válvulas: 16

CHASSIS

Estrutura: Coque + Estrutura Tubular

Suspensão: Pseudo Mac Pherson (à frente/atrás)

TRANSMISSÃO

Modo: 4 rodas motrizes

Embraiagem: Duplo disco

Caixa de velocidades: BV5 (comando sequencial)

Diferencial: 2, autoblocantes

DIRECÇÃO

Directa, de assistência hidráulica

TRAVÕES

À frente: Alcon 4 pistons

Atrás: Alcon 4 pistons

Diâmetro: 300 (terra)/355 (asfalto)

JANTES E PNEUS

Asfalto

Jantes: Alumínio monobloco 8×18”

Pneus: 225/40R18

Terra

Jantes: Alumínio monobloco 7×15“

Pneus: 215/65R15

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s