#Moto3 : #GermanGP by Aires Pereira


Danny Kent
Danny Kent

Danny Kent esteve absolutamente imparável durante todo o fim-de-semana. Ninguém conseguiu acompanhar o ritmo do líder do mundial nem nos treinos nem na corrida. Arrecadou tudo. No extremo oposto ficou Miguel que lhe bastaram 4 voltas no primeiro treino para cair a baixa velocidade e partir o quarto metacarpo com direito a bilhete para operação de urgência em Lisboa.

Fantástica performance do inglês candidato ao título de campeão do mundo em Moto3. Kent arrecadou todos os melhores tempos em todas as sessões de treinos sem dar qualquer hipótese à concorrência. Por perto andaram vários pilotos com destaque para Bastianini ou Quartararo, ambos no topo da classificação, mas sem nunca incomodarem Kent. Miguel que só fez 4 voltas em Sachsenring. Teve uma queda a baixa velocidade de onde resultou a fractura do quarto metacarpo da mão esquerda. Foi operado no Sábado com sucesso e lá ficou um pouco mais pesado com uma placa novinha em folha para rápida recuperação do osso.
A corrida teve pouca história. Apesar da pole position Kent não foi bem sucedido na partida tendo sido passado por Hanika que iria liderar as primeiras centenas de metros da corrida. Mas Kent, ciente da sua capacidade já demonstrada acaba por assumir a liderança ainda antes do fim da primeira volta para a voltar a perder logo de seguida para Bastianini, Brad Binder e Antonelli. Todos tentavam que Kent não ficasse na liderança mais do que 2 ou 3 voltas para impedir que o britânico fugisse. Mas foi isso mesmo que acabou por acontecer e mesmo antes de metade da corrida. O único a conseguir acompanhar foi mesmo companheiro de equipa, Vazquez nunca colocando sequer a hipótese de assumir a liderança. Uma vez que Miguel não estava presente daria jeito que Bastianini perdesse o maior número de pontos possível, mas infelizmente Bastianini acabaria por chegar à frente do pelotão de 5 motos onde tínhamos Fenati, Antonelli, Navarro e Binder. Kent viria assim a ganhar a prova com mais de 7 segundos de avanço sobre Vazquez e 9 de Bastianini que iria subir ao degrau mais baixo do pódio.

1º Danny Kent – Honda (190 pts), 2º Enea Bastianini – Honda (124 pts), 3º Miguel Oliveira – KTM (102 pts)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s