#RallyCross: #Peugeot #208 WRX fazem “dobradinha” na #Noruega


A oitava etapa do Campeonato do Mundo FIA de Rallycross ficará nos registos do Team Peugeot Hansen, que garantiu na Noruega a primeira “dobradinha” da sua História. Graças ao triunfo de Timmy Hansen, à frente de Davy Jeanney, a equipa franco-sueca assumiu a liderança do Campeonato de Equipas, precisamente antes da etapa francesa de Lohéac.

Davy Jeanney
Davy Jeanney

A espantosa forma demonstrada pelos PEUGEOT 208 WRX desde o início da época foi confirmada na Noruega, a terra do Campeão do Mundo em título, Petter Solberg. Nem um pouco intimidados pelo nome da pista (Hell, ou seja Inferno), os pontas de lança do Team Peugeot Hansen mostraram-se uma vez mais dominadores ao longo de todo o fim-de-semana.

Autor de performances não recompensadas na Suécia e no Canadá, finalmente Timmy Hansen pode concretizar o seu potencial. Animado pelo excelente comportamento do seu 208, voou baixinho nas mangas de qualificação, apesar de uma valente resistência de Petter Solberg, que queria brilhar frente ao seu público. O piloto do PEUGEOT 208 WRX nº21 assumiu assim logicamente a frente da tabela classificativa no cômputo das quatro mangas.

Vitorioso na Alemanha e no Canadá, Davy Jeanney esteve extremamente performante ao longo de todo o fim-de-semana, completando brilhantemente e de uma forma muito inteligente um resultado de equipa perfeito.

Os dois pilotos da PEUGEOT encontraram-se, com efeito, na primeira linha para a partida da primeira meia-final, que foi ganha por Timmy, à frente de Davy. Os pilotos dos PEUGEOT 208 WRX repetiram com brio o resultado na Final, assinando assim a primeira “dobradinha” da História da equipa no Campeonato do Mundo FIA de Rallycross.

Esta performance permitiu ao Team Peugeot Hansen assumir a liderança do Campeonato de Equipas, com 29 pontos de vantagem sobre a equipa Ford Olsberg OMSE. Na classificação dos Pilotos, Timmy Hansen subiu ao 2º lugar e Davy Jeanney ao 4º. Trata-se do cenário ideal para enfrentar, dentro de duas semanas (5 e 6 de Setembro) a etapa francesa. Este resultado de grupo foi completado pela excelente prestação de Kevin Hansen, o piloto do Peugeot Red Bull Hansen Junior Team. Segundo na corrida dos RX Lites, aumentou ainda mais o seu avanço no Campeonato.

Kenneth Hansen, Director de Equipa

«Este é um resultado absolutamente fantástico! Estou muito orgulhoso por ser o director de uma equipa tão boa! Toda a gente trabalha de forma excelente em grupo. Em particular, os nossos dois pilotos. Penso que merecemos verdadeiramente este resultado. Foi um dos meus melhores fins-de-semana. Ao mesmo tempo, assinámos a primeira dobradinha de uma equipa no Campeonato do Mundo de Rallycross. Uma coisa com que todos os directores de equipa sonham, mas que é realmente difícil de atingir. Além disso, agora estamos na frente do Campeonato de Equipas. Reflexo do nosso nível de rendimento ao longo das últimas corridas, este era claramente o nosso objectivo. É fantástico chegar a Lohéac nesta posição.»

Timmy Hansen, PEUGEOT 208 WRX nº21, 1º classificado

«Esta vitória é uma satisfação imensa, tanto para mim, como para a equipa, que foi melhorando constantemente o carro, prova após prova. Isto faz com que há já quatro corridas que estamos na frente. Pilotar este PEUGEOT 208 WRX é uma verdadeira felicidade, tão competitivo ele é! Sinto-me impaciente por me sentar ao seu volante na próxima prova, em Lohéac, um circuito que adoro, diante do público da PEUGEOT. Correr aí, com um carro francês, anuncia-se como um momento de enorme intensidade.»

Davy Jeanney, PEUGEOT 208 WRX nº17, 2º classificado

«Tive um pouco de sorte em sair indemne do choque com Nitiss, durante a Joker Lap, no início da meia-final e sinto-me contente por ter conseguido recuperar de seguida. Toda a equipa está a trabalhar em força para ficarmos ainda melhores. Tivemos uma boa cumplicidade com o Timmy, nos momentos-chave do fim-de-semana. Este é um prazer ainda maior do que a performance pura! Espero que isso continue no futuro.»

Classificação 8ª prova (Noruega – Hell) – 22 & 23 de Agosto de 2015

  1. Timmy Hansen (Team Peugeot Hansen, PEUGEOT 208 WRX)
  2. Davy Jeanney (Team Peugeot Hansen, PEUGEOT 208 WRX)
  3. Robin Larsson (Robin Larsson, Audi A1)
  4. Alx Danielsson (ALL-INKL.COM Münnich Motorsport, Audi S3)
  5. Per-Gunnar Andersson (Marklund Motorsport, Volkswagen Polo)
  6. Timur Timerzyanov (OMSE, Ford Fiesta)
  7. Petter Solberg (SDRX, Citroën DS 3)
  8. Anton Marklund (EKSRX, Audi S1)
  9. Reinis Nitiss (OlsbergMSE AB, Ford Fiesta ST)
  10. Johan Kristofferson (Volkswagen Team Sweden, Volkswagen Polo)

Campeonato FIA World Rallycross 2015, após 8 provas

Pilotos

  1. Petter Solberg (SDRX, Citroën DS3), 193 pts
  2. Timmy Hansen (Team Peugeot Hansen, PEUGEOT 208 WRX), 152 pts
  3. Andreas Bakkerud (OlsbergMSE AB, Ford Fiesta ST), 140 pts
  4. Davy Jeanney (Team Peugeot Hansen, PEUGEOT 208 WRX), 139 pts
  5. Johan Kristofferson (Volkswagen Team Sweden, Volkswagen Polo), 135 pts
  6. Reinis Nitiss (OlsbergMSE AB, Ford Fiesta ST), 122 pts
  7. Mattias Ekström (EKS, Audi S1), 118 pts
  8. Toomas Heikkinen (Marklund Motorsport, Volkswagen Polo), 95 pts

Equipas

  1. Team Peugeot Hansen, 291 pts
  2. Ford Olsberg MSE, 262 pts
  3. SDRX, 218 pts
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s