#FIA #WEC: #G-Drive #Racing e #Dunlop alcançam título na categoria #LMP2


O trio do G-Drive Roman Rusinov, Sam Bird e Julien Canal alcançaram o título de LMP2 de 2015 após vencerem a ronda no Campeonato Mundial de Resistência da FIA em Bahrain. Foi uma disputa difícil em que o #26 G-Drive Racing Ligier-Nissan partilhou a liderança com o único adversário, KCMG, que terminou em segundo lugar no Oreca 05-Nissan. A equipa parceira #28 G-Drive terminou em terceiro lugar, um resultado que foi um reflexo das posições finais no campeonato LMP2.

logo-dunlop1
Dunlop

A posição  de vantagem da equipa Signatech Alpine perdeu-se logo no início com a equipa KCMG a alcançar a liderança na segunda volta. Nas primeiras paragens a  26 G-Drive liderou mas Matt Howson rapidamente a ultrapassou e retomou posição. Signatech juntou-se à corrida pelos lugares de topo até que Alpine deu a volta,  com Sam Bird da G-Drive a correr consideravelmente mais rápido que Richard Bradley pela KCMG.

No geral, a KCMG  liderou por cinco diferentes ocasiões entre a volta 136 e a 183 e chegou ao desafio final a quinze minutos da meta. Sam Bird, que estava em segundo lugar, encurtou a distância de 20 segundos após as últimas paragens, com a vantagem de três novos pneus e graças a um avanço de  nove voltas. Conseguiu fazer tempos rápidos e cruzou a meta 25 segundos antes de KCMG.

As equipas utilizaram um conjunto de estratégias que incluíram pelo menos bandas duplas em toda a corrida de piso seco com os compostos de pneu médio e médio plus.

A #26 G-Drive ganhou a corrida de inauguração em Silverstone enquanto o carro parceiro #28 ganhou em Spa. KCMG ganhou em Le Mans com o dobro dos pontos, colocando ambos os automóveis G-Drive numa situação complicada. Foram as duas seguintes vitórias (USA e Japão) a provocar a volta do automóvel #26 ao topo da classificação. Signatech Alpine ganhou a penúltima corrida, enquanto o automóvel #26 ganhou mais três pontos que a KMCG e alcançou o título com a vitória em Bahrain.

Mike McGregor, Director de provas, apoio na pista e desenho desportivo e de desenvolvimento:

“Muitos parabéns pela merecida vitória e título em G-Drive. A estratégia funcionou muito bem com Sam (Bird) e Pipo (Derani #28) a serem muito rápidos e consistentes. Estamos muito contentes por Ligier, Jacques Nicolet e toda a equipa G-Drive. Matt Howson também iniciou uma grande pilotagem hoje e o KMCG foi um adversário digno.”

“Queríamos agradecer a todas as nossas equipas por este grande ano de corridas e esperamos voltar a vê-los em pista no próximo ano. Dedicamos as nossas conquistas a Tim Gibson, engenheiro da Dunlop que tristemente faleceu a semana passada e foi uma grande perda para a equipa Dunlop. Por último, gostaria de agradecer a toda a equipa Dunlop que trabalhou de forma excecional e muito dura durante todo o ano”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s