#Dunlop preparada para bater novos recordes em 2016


Dentro de poucos dias irá ter início a edição 2016 do Campeonato do Mundo de Moto2TM e
Moto3TM da FIM, no Qatar. Esta é a primeira de 18 corridas que vão ser disputadas em
alguns dos circuitos mais exigentes do mundo. Até ao momento, os pilotos da Dunlop  apenas  realizaram provas privadas nas duas provas oficiais da IRTA – em Jerez e Losail – para comparar os tempos por volta e averiguar se em 2016 será possível obter novos recordes, depois dos 19 obtidos na temporada passada em ambas as categorias .

logo-dunlop1
Dunlop

Especificações de pneus para 2016

As especificações dos pneus para 2016 são similares às da época passada, menos em Moto3 com a introdução do H3 para pneus traseiros. O H3 tem características muito próximas à  opção média do H2 usado em 2015. As prestações do H3 são tão boas ou até melhores que as do seu antecessor, mas contam com uma maior durabilidade.

Moto 2:

Macio ’1’ (’Dunlop’ preto sobre amarelo)
Dianteiros e traseiros

Médio ’2’ (preto sobre prateado)
Dianteiros e traseiros

Duro ’3’ (amarelo sobre preto)
Dianteiros e traseiros

Duro ’4’ (branco sobre preto)
Só traseiros

Duro Especial ‘S1’
Só traseiros

Duro Especial Hard ‘S2’
Só traseiros

Moto 3:

Macio ‘S’/’S1’ (preto sobre amarelo)
Dianteiros e traseiros

Médio ‘M’/’M1’ (preto sobre prateado)
Dianteiros e traseiros

Duro ’H3’ (amarelo sobre preto)
Traseiros

Novidades para os circuitos de 2016

Este ano, os pilotos têm à sua espera um novo circuito: a pista do Grande Prémio de F1 na
Áustria. A Dunlop possui uma grande experiência competitiva no Red Bull Ring, mas esta
será a estreia neste circuito em campeonatos de Moto2 e Moto3, na décima corrida, dia 14 de Agosto. O circuito Sepang na Malásia, onde será disputada a 17a corrida a 30 de Outubro,
está a ser repavimentado na sequência dos testes de MotoGP de Fevereiro e a superfície
mais abrasiva será um novo desafio para os pilotos e equipas.

#ForeverForward 2016

Foi recentemente confirmado que a classificação Dunlop #ForeverForward será continuada
em 2016, onde a marca irá recompensar a determinação dos pilotos em Moto2 e Moto3 nesta época.

Na tabela classificativa que mostra a maior subida de posições desde a partida até à  chegada, o vencedor do ano passado, Philipp Öettl conseguiu obter 132 posições em Moto3 e obter o troféu Dunlop.

Philipp Öettl obteve o maior número de posições numa única corrida do que qualquer outro piloto, ao passar do 34o lugar na grelha para o merecido 3o lugar em Indianápolis.

Philipp Öettl conseguiu os ganhos combinados mais elevados de posições em apenas três corridas (Austin, Le Mans e Indianápolis), 73 no total, conseguindo superar o registo de mais de 80 pilotos em toda a época.

Jesko Raffin foi o que melhor resultado obteve em Moto2 com 100 posições ganhas durante a época.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s