@F1 : #AusGp 2016 segundo a @Pirelli


GP Australia 2016

Uma nova temporada, com novas regras de pneus que estão entre as mais revolucionárias na história recente. As equipes têm mais opções, que leva a uma maior variação e dois “pit stops” por corrida.
O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DO PNEU:
Albert Park é um circuito urbano, que o torna “verde” e escorregadio no inicio do fim de semana.
É tudo acerca acelaração e travagem, as forças longitudinais são maiores que as laterais.
Existem muitas curvas lentas, por isso a pressão está na aderência mecânica e na elevada aerodinâmica.
A curva 8, realizada para a direita, é rápida, como a esquerda entre as bancadas Clark e Waite.
O pneu traseiro esquerdo é o que sofre mais desgaste, sendo o pneu que requer mais atenção por parte dos pilotos.
O estado do tempo é sempre imprevisivel, no passado aconteceram dias de sol brilhantes, como chuvas torrenciais.
O asfalto é relativamente liso, originando uma degradação lenta e baixa.
OS TRÊS COMPOSTOS NOMEADOS:
Composto médio (Branco): Um composto para uma série de utilização reduzida, sendo um dos mais versáteis da gama.
Composto macio (Amarelo): Um composto para uma série de utilização elevada, com incidência na performance.
Composto supermacio (Vermelho): Um composto para uma série de utilização reduzida, sendo rápido mas com durabilidade limitada.

 
COMO FOI HÁ UM ANO:
Vencedor: Hamilton (uma paragem, iniciou com macio e trocou para médio na volta 25).
Melhor classificado com uma estratégia alternativa: Hulkenberg (duas paragens, iniciou com macio, trocou para médio na volta 21 e voltou a trocar para macio na volta 44). Terminou em sétimo depois de iniciar a corrida da grelha em 14.º
A maioria dos pilotos apenas parou uma vez, com as estratégias afetadas devido à entrada prematura do Safety car em pista.
DECLARAÇÕES DE PAUL HEMBERY, (Diretor Pirelli Motorsport):
· “ Com grandes alterações nos regulamentos de pneus face a 2015, esperamos que as diferentes estratégias se estendam considavelmente, com mais possibilidades disponíveis não só para qualquer equipe, como também para cada piloto. De facto, as decisões tácticas para Albert Park já começaram no ano passado, já que cada equipe elegeu os seus pneus. Só recentemente, como num jogo de Poker, é que toda a gente vai finalmente mostrar a mão. No domingo à tarde em Melbourne, veremos quem fez as escolhas acertadas. “
O QUE HÁ DE NOVO?

Existe um novo formato de qualificação, em que não afeta a atual atribuição ou regulamentos de pneus.
Dispomos de um novo P Zero Roxo ( composto ultramacio), no entanto não aparecerá antes do G.P. Mónaco.
Distâncias Impressionantes foram realizadas nos testes de pré-temporada, com 8931 voltas percorridas em Barcelona.
RECENTEMENTE, OUTROS FACTOS DESPERTARAM A NOSSA ATENÇÃO:
A nova conta de Twitter da Renault F1, @RenaultSportF1, a mesma sabedoria com uma cor diferente.
O novo P Zero para automóveis ligeiros, que foi apresentado no Salão Automóvel de Geneva.
O engenheiro da Pirelli, Max Damiani´s, foi o 23.º (em 314) no Historic Rally de Monte Carlo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s