Campeonato da Europa de #Karting: Portugueses sempre a recuperar


Os três portugueses envolvidos no Campeonato da Europa de Karting tiveram comportamento semelhante, já que todos eles foram ganhando lugares nas corridas em que tomaram parte.OK_Start(0)

Na corrida da Categoria OK, que encerrou o programa, Andriy Pits (CRG/Parilla/Vega) partiu de 13.o, chegou a ser 11.o, mas na derradeira volta perdeu uma posição, enquanto Tomas Mota (Tony Kart/Vortex/Vega), que largou de 24.o, ganhou nove lugares, e terminou em 15.o, depois de intensos duelos, no grupo em que estava envolvido.

A corrida foi ganha pelo inglês Tom Joyner (Zanardi/Parilla/Vega) que assumiu o comando na quarta volta, para passar as restantes 16 a resistir aos ataquesdo seu compatriota Ben Hanley (Croc Promotions/TM Racing/Vega), o único segundo classificado que ficou a menos de um segundo de vencedor.

O espanhol Pedro Hiltbrand (CRG/Parilla/Vega) completou o pódio, à frente da sua compatriota Marta Lopez (Evokart/Parilla/Vega) que, na final, não confirnou a superioridade patenteada nos dias anteriores.

Com uma corrida de trás para a frente, Simão Ventura (Exprit/Vogue Vega) ganhou sete lugares ao longo da corrida da Categoria Academy, tendo começado por ganhar uma posição por voltas, nas quatro primeiras, o que o levou do 21.o lugar da grelha ao 18.o na corrida, para ganhar mais três posições, duas voltas mais tarde.

O piloto português manteve-se na luta num grupo compacto, chegou a descer para 17.o, mas, na derradeira volta, ganhou três posições e terminou em 14.o.

A corrida foi ganha pelo belga Xavier Handsaeme (Exprit/Vogue Vega) que levou a melhor no duelo com o inglês Callum Bradshaw (Exprit/Vogue Vega), que conserva o comando do campeonato, depois do lituano Kasparas Vaskelis (Exprit/Vogue Vega), que completou o pódio, ter comandado nas primeiras seis voltas.

A partir daí o belga, que dominou a categoria ao longo do fim-de-semana, “fugiu” aos seus perseguidores, com o lituano a não resistir ao ataque final do inglês.

O francês Victor Martins (Kosmic/Parilla/Vega) venceu, sem grande dificuldade, a corrida reservada à Categoria Junior ao aproveitar da melhor maneira as lutas que se foram travando atrás de si e que lhe permitiram ir ganhando terreno aos seus adversários.

Bela prova do brasileiro Caio Collet (Birel Art/Parilla/Vega) que, largou de 11.o,mas que, após uma recuperação notável, conseguiu chegar ao segundo lugar, com o malaio Mizzuddin Musyaffa (DR/TM Racing/Vega) a completar o pódio, ao bater, por escassa margem o norueguês Dennis Hauger (CRG/Parilla/Vega)e o marroquino Sami Taoufik (FA Kart/Vortex/Vega).

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s