@F1 : #GermanGp by @Pirelli


GP GERMANIA F1/2016 - HOCKENHEIM (GERMANIA) 31/07/2016 © FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)
GP GERMANIA F1/2016 – HOCKENHEIM (GERMANIA) 31/07/2016
© FOTO STUDIO COLOMBO PER PIRELLI MEDIA (© COPYRIGHT FREE)

2016 Grande Prémio da Alemanha – Corrida

LEWIS HAMILTON VENCE DA SEGUNDA POSIÇÃO DA GRELHA,

ALTERNANDO OS COMPOSTOS PZERO SUPERMACIO COM MACIO

COMO PREVISTO, VÁRIAS ESTRATÉGIAS NO GRANDE PRÉMIO DA ALEMANHA,

COM A MAIORIA DOS PILOTOS A REALIZAR TRÊS PARAGENS

Hockenheim, 31 de Julho, 2016 – Como esperado houve diferentes estratégias em jogo no Grande Prémio da Alemanha, com a maioria das equipes a dividir as estratégias da corrida, grande parte realizou três paragens.

Uma destas equipes foi a Mercedes, com o vencedor Lewis Hamilton, a alternar os pneus Supermacios e Macios, enquanto Nico Rosberg que alcançou a pole, iniciou com dois jogos de Supermacio e terminou a corrida utilizando pneus macios para os ultimos dois turnos. Outra alternativa, foi o caso da Red Bull com Daniel Ricciardo e Max Verstappen no pódio, optando por estratégias diferentes na corrida. No entanto, ambos os pilotos da Red Bull terminaram a corrida com o composto Supermacio de modo a retirar vantagem da sua velocidade superior.

A temperatura da pista manteve-se aproximadamente ao longo da corrida nos 38 graus, as mesmas condições registadas no dia anterior, apesar de uma pequena ameaça de chuva prevista para o final. Também houve várias disputas na pista a seguir aos lugares cimeiros, com as equipes a conseguirem vantagem devido às suas diferentes estratégias ao longo da corrida até ao final.

O circuito de Hockenheim não sofreu praticamente nenhuma alteração desde a ultima prova do calendário de Fórmula 1, em 2014, com o seu asfalto antigo e já irregular que provou ser razoavalmente exigente para os pneus. Como resultado, alguns pilotos adaptaram as suas estratégias de duas para três paragens de forma a garantir o ritmo desejado. O melhor classificado com duas paragens, foi o williams de Valtteri Bottas, que terminou em nono.

Paul Hembery, Pirelli Motosport Director: “ Foi uma corrida em que a estratégia foi muito importante. Durante as primeiras voltas, houve uma maior degradação térmica do que a esperada, devido ao peso do combustível, e isto levou a que muitos optassem por uma estratégia de três paragens, a qual, ontem referimos como sendo teoricamente mais rápida. É importante a questão de monitorizar as taxas de desgaste e respetiva degradação, de modo a avaliar no terreno, e adaptar a estratégia de corrida à evolução das circunstâncias.”

OS MELHORES TEMPOS POR COMPOSTO:

MÉDIO MACIO SUPERMACIO

Primeiro VET 1m18.710s RIC 1m18.442s

Segundo HAM 1m18.746s VER 1m18.910s

Terceiro VET 1m19.122s HAM 1m19.452s

TURNOS MAIS LONGOS DA CORRIDA:

MACIO Magnussen 34 (voltas)

SUPERMACIO Grosjean 23 (voltas)

A NOSSA PREVISÃO: Previmos que a estratégia vencedora seria de três paragens. Hamilton beneficiou pelo seu excelente arranque e um carro rápido, permitindo gerir a corrida e os pneus. Fez as suas paragens nas voltas 14, 34 e 47 de acordo com a nossa previsão.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s