Carnaval vitorioso para João Ramos


Um Carnaval vitorioso para João Ramos

João Ramos foi o grande vencedor da primeira prova do campeonato Português de Todo-o-Terreno aos comandos de uma nova Toyota Hilux T1+ .

Esta primeira prova do Campeonato de Portugal de Todo o Terreno foi uma agradável substituição ao Carnaval para os
verdadeiros amantes do desporto motorizado. Em Beja, durante 3 dias, esqueceram-se os disfarces, as máscaras usuais, as brincadeiras e os desfiles, para se lembrarem os barulhos dos motores que estavam calados há muito tempo e o pó e a velocidade que muitos esperavam ver e sentir de novo.
A primeira prova do campeonato Português de Todo-o-Terreno teve início no passado
dia 24, sexta-feira, e acabou no dia 26, domingo. Sexta-feira teve início o prologo que
teve como vencedor João Ramos aos comandos de uma Toyota Hilux T1+ com o tempo de 6:13:9 minutos. Logo atras aparecia o bicampeão nacional Tiago Reis ao comando
de uma antiga Toyota Hilux T1 com o tempo de 6:15:4 minutos ficando apenas a 2 segundos do primeiro lugar. Para fechar o pódio seguiu-se Lourenço Rosa – Adventure, o estreante
do CPTT, ao volante de uma Toyota Hilux T1+ idêntica à de João Ramos com o tempo de 6:22:3. O primeiro classificado dos T3 foi Alexandre Pinto Bač aos comandos de um Bombardier Can-am da equipa Benimoto com o tempo de 6:23:3, que ao fazer este
tempo chegou ao 4º lugar da geral. Rui Sousa ao volante de uma Isuzu D-Max conquistou a vitoria na categoria T2 e alcançou a 44º posição à geral com o tempo de 7:47:8. Já na categoria T8 foi Nuno Matos aos comandos de um Opel Mokka Proto que
conseguiu esse feito com o tempo de 6:45:2 que o colocou na 12º posição à geral.
Menção honrosa ao campeão nacional de ralis Armindo Araujo que compareceu a esta prova aos comandos de um Bombardier Can-am T3. O mesmo conseguiu alcançar o tempo de 6:27:9 que o colocou na 6º colocação da geral, sendo o terceiro melhor T3.
Outro nome importante de se falar é o de Luis Portela Morais que mostrou a sua nova e única máquina, o Overdrive OT3, que após um furo fez apenas o tempo de 8:12:5 que o colocou na 46º posição à geral e na 13º posição nos T3.
No sábado dia 25 teve lugar a primeira SS1. A mesma contava com 145,50 KM ao longo das terras do Baixo Alentejo. Esta primeira especial contou com a vitoria de João Ramos
com o tempo de 1:51:46:4. De seguida seguia-se Tiago Reis que continuava na luta para tentar chegar ao lugar cimeiro. O mesmo obteve o tempo de 1:52:00:3 ficando apenas a 13,9 do primeiro Lugar. Alexandre Pinto encontrava-se logo na 3º posição,
conquistando o 1º lugar nos T3, com o tempo de 1:55:06:7 a 3:20:3 minutos do primeiro lugar. Luís Portela Morais conseguiu uma fantástica reviravolta ao passar da 46º posição
para a 8º posição da geral com o tempo de 1:57:45:8 ficando a 5:49.4 minutos da primeira posição. Lourenço Rosa que teve um início excelente de prova, caiu até à 11º
posição da geral depois de ter sido penalizado em 4 minutos. Nuno Matos não conseguiu aguentar o 12º lugar à geral e desceu até ao 20º lugar mantendo o 1º lugar da categoria T8 com o tempo de referência de 2:07:08:3. Rui Sousa, ao contrário de Nuno Matos conseguiu subir lugares na geral. Conquistou o 37º lugar e manteve o primeiro lugar na categoria T2 com o tempo de 2:20:19:5.
No último dia de prova era onde tudo realmente se decidia.
A luta estava acesa entre João Ramos e Tiago Reis, mas quem a levou a melhor foi João Ramos que conquistou a vitoria à geral e na categoria T1 com o tempo de 3:34:23:2. Tiago Reis seguido logo atras a 1:56.3 alcançando o tempo de 3:36:19:5. Alexandre Pinto teve problemas e acabou na 11º colocação da geral que fez com que o derradeiro campeão da categoria T3 fosse Armindo Araújo com o último lugar do pódio à geral com o tempo de 3:41:52:8 a 7:29:6 do primeiro classificado. Luís Portela Morais mais uma vez mostrou como se passa por cima dos maus momentos e conquistou o 4º lugar à geral e o 2ª lugar nos T3 com o
tempo de 3:43:28:6 a 9:05:4 do primeiro classificado. Na categoria T8 após Nuno Matos desistir com problemas no motor, foi Nuno Tordo que conquistou o 1º lugar da mesma
com o tempo de 4:03:07:5 depois de levar uma penalização de 5 minutos. O mesmo conquistou o 19º lugar à geral. Rui Sousa por outro lado conseguiu manter o primeiro lugar na sua categoria obtendo também o 33º lugar à geral com o tempo de 4:29:21:0
depois de levar uma penalização de 2 minutos. Já Lourenço Rosa não teve um agradável fim de prova após desistir fazendo com que a sua primeira prova do CPTT fosse um fracasso.
#16ValvulasWhoElseinTheWorld ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s