#F4 : #16ValvulasEntrevista Bruno Carneiro , nome a fixar!

Bruno Carneiro@ foto escolha pessoal
Bruno Carneiro@ foto escolha pessoal

O meu entrevistado de hoje tem 17 anos mas já é uma aposta segura para o futuro.

Chama-se Bruno Carneiro e nasceu no Brasil mas desde muito novo foi para os E.U.A. onde começou no Kart e tem feito uma carreira regular , com importantes conquistas que lhe permitiram ir para a Fórmula 4 na China onde esteve em destaque o que lhe valeu presença na Gala da F.I.A.

Nesta entrevista ficam a conhecer um pouco mais deste jovem com cara de míudo , onde nos revela ainda ambições para um futuro no “Motorsport” , quem sabe até na Fórmula1!

Em suma: mais uma entrevista para guardarem pois vão de certo ouvir falar neste nome no futuro. Aposta 16Válvulas!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#Gp2 , #Gp3 , #ERC e #FR2.0 – #2016 em análise com Miguel Roriz

Miguel Roriz @foto de escolha pessoal
Miguel Roriz @foto de escolha pessoal

Esta é a altura do ano onde se fazem os balanços e se preparam novos anos competitivos.

Oportunidade por isso para voltarmos a ouvir o Jornalista do Eurosport Xtra 2 Miguel Roriz.

Assim nos próximos minutos vão poder perceber como se decidiram competições tão importantes como a GP2 e Gp3 que nos mostram os talentos do futuro.

Espreitámos ainda os Ralis , no caso o Europeu e no final percebemos o que se passou na competição Renault.

Em suma: mais um excelente resumo que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

@F1 : #16ValvulasEntrevista Ann Bradshaw *entrevista em inglês

ENGLISH VERSION HERE

Ann Bradshaw @ foto escolha pessoal
Ann Bradshaw @ foto escolha pessoal

A historia da F1 das ultimas 4 décadas passa por esta minha entrevistada.

Ann Bradshaw foi a principal Relações Publicas da equipa de F1 Williams o que lhe permite não só abordar a faceta humana de varios pilotos que passaram pela equipa inglesa , mas também de outros pilotos com quem conviveu.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir falar de nomes tão conhecidos como Nigel Mansell  , Riccardo Patrese e outros.

Possibilidade ainda de sabermos quem foi o piloto mais difícil de trabalhar , bem como era trabalhar com um piloto do calibre de Nelson Piquet.

Inevitável era abordar Ayrton Senna , bem como saber como foi trabalhar no fatídico dia de 1 de Maio de 1994 , principalmente na sua função de Relações Públicas…

No final ficámos a saber que Ann está de regresso à F1 a tempo inteiro pois foi convidada para gerir a imagem do mais recente “Rookie” da F1: Lance Stroll.

Em suma: é como nós dizemos : a história da F1 passa nesta entrevista e não vão querer perdê-la por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#WTCC : #16ValvulasEntrevista Paulo Maria sobre fusão de #fotografia e #Motorsport

Paulo Maria@ foto escolha pessoal
Paulo Maria@ foto escolha pessoal

Mais uma vez o 16Válvulas apresenta em entrevista outro dos protagonistas do espetaculo do Desporto Motorizado : os fotógrafos.

Nesta ocasião trazemos até vós aquele que é unanimamente considerado um dos fotógrafos de top na elite Mundial. Falamos do português Paulo Maria.

Assim nos próximos minutos vão poder perceber o seu percurso desde o Rali de Portugal dos anos 90 quando acompanhava os troços de Arganil até aos dias de hoje onde se divide entre o WTCC , WRX , TT e até FórmulaE , numa carreira onde comemora quase um quarto de século.

Ocasião ainda de percebermos um pouco das ferramentas que utiliza no seu trabalho e que lhe faz produzir trabalhos fotográficos de qualidade ímpar.

Em suma: mais uma entrevista que nos orgulhamos de apresentar com um dos portugueses mais conhecidos a nível do Desporto Motorizado Mundial e que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas!

 

 

 

#Formula3: Pedro Piquet faz 18 ultrapassagens ao longo da rodada tripla de Spa e conquista seu melhor resultado

A primeira participação de Pedro Piquet em corridas na tradicionalíssima Spa-Francorchamps teve todos os ingredientes que fazem os pilotos adorarem a pista belga: chuva forte e moderada, largadas disputadas, ultrapassagens por dentro e por fora e altíssima velocidade.

FIA Formula 3 European Championship 2016, round 7, Spa-Francorchamps (BEL)
Pedro Piquet

E teve ainda uma recuperação memorável.

O primeiro treino livre foi disputado sob chuva, que fez o carro #5 aquaplanar em um trecho de alta. Pedro saiu ileso da batida, mas o carro ficou bastante danificado. A equipe Van Amersfoort trabalhou em sua recuperação, mas o brasiliense de 18 anos de idade não conseguir participar da segunda sessão de treinos nem do quali 1. Voltou à pista apenas para o segundo quali, marcando 15o e 16o tempos para os grids das corridas 2 e 3.

“Foi uma grande pena ter tido a batida no treino, o que me impossibilitou de fazer a classificação 1. A primeira corrida teve apenas três voltas de bandeira verde, então não aprendemos quase nada”, contou Pedro. Ele fez três ultrapassagens, saindo de 21o para receber a bandeirada em 18o, na corrida marcada por chuva forte e quase toda comboiada pelo safety car.

A segunda prova foi com pista seca, e registrou o melhor resultado o piloto patrocinado pela Petrobras em 2016, terminando em sexto.

“Na corrida 2 tivemos um ritmo bom e consegui ultrapassar vários carros para terminar em sexto”, narrou o piloto, que largou de 14o e conquistou mais oito posições.

“Já na corrida 3, tive um toque na largada e caí para último, então tivemos uma corrida de recuperação, passando outros carros. Mas não estava tão rápido quanto na corrida 2”, contou o piloto, que avançou de 21o para 14o, ganhando mais sete posições e um saldo de 18 ao todo nas três corridas.

Piquet destacou a quilometragem acumulada em Spa e o trabalho do time para recuperar o carro depois de aquaplanar no treino. O campeonato da FIA F3 Euro retorna com a oitava etapa em Nurburgring no fim de semana de 11 de setembro.

Antes disso porém, o bicampeão da F3 Brasil volta a competir no campeonato Sul-Americano da Porsche GT3 Cup Challenge. Ele vai competir em dupla com o irmão Nelson Piquet Jr a prova de 300 km que marca a abertura do campeonato de endurance da categoria.

#Formula3 Euro: Pedro Piquet abandona terceira corrida em Norisring

Em uma prova que começou com safety-car e teve diversos acidentes, com apenas 12 dos 20 carros chegando até o final, Pedro Piquet ficou pelo caminho na corrida final da rodada tripla da FIA F3 Euro em Norisring.

FIA Formula 3 European Championship 2016, round 5, Norisring (DEU)
Pedro Piquet

O piloto patrocinado pela Petrobras, que compete com apoio da Autotrac e Mercedes-Benz, largou em 18º e vinha em uma boa prova de recuperação apesar das poucas voltas sob bandeira verde.

Ele vinha em disputa pela 15ª posição após a relargada da décima volta. Ao puxar o carro da equipe Van Amersfoort para a linha interna no início da tomada do grampo, levou uma fechada brusca do competidor que vinha à frente e os carros fizeram contato. Pior para o bicampeão da F3 Brasil, que teve a frente de sua máquina danificada e “virou passageiro”, atingindo ainda outro competidor que já contornava a curva.

“Foi uma pena não ter acertado as classificações”, resumiu o brasiliense de 17 anos. “Na primeira tomada a gente não estava no ritmo bom, mas na segunda sim estava. Só que tive um leve toque na parede no quali e precisei ir para box verificar o triângulo, então não deu para baixar o tempo no fim. Na corrida 1 fiz uma boa prova e ficamos com a terceira melhor volta, a um décimo apenas da mais rápida. As outras foram mais complicadas, sempre muito próximos dos concorrentes. Mas tivemos um bom aprendizado, que vamos levar para o resto da temporada.”

Na próxima semana acontecem testes coletivos da F3 Euro em Hockenheim. A segunda metade da temporada de estreia de Pedro Piquet no automobilismo internacional começa no fim de semana de 16 e 17 de julho, na pista holandesa de Zandvoort, situada a cerca de 70 km da sede da equipe VAR.

#Fórmula 3 European: Punição tira chance de Pedro Piquet pontuar

Depois do enorme susto com o acidente no sábado, Pedro Piquet vinha com esperanças de brigar pelos pontos na terceira prova da rodada da FIA F3 Euro no Red Bull Ring. De fato, a corrida deste domingo começou promissora, mas uma passagem pelos boxes tirou as chances de o bicampeão da Fórmula 3 Brasil pontuar.

imagem_release_662091
Pedro Piquet

Na largada, Pedro fugiu das confusões à sua frente e saltou de 14º para 10º. Depois de atacar, Piquet acabou caindo para 12º na segunda volta e o safety car na pista por causa de uma colisão. Todos os carros ficaram próximos e o piloto patrocinado pela Petrobras planejava partir para o ataque em busca do top 10.

Mas, numa corrida cheia de punições, os comissários obrigaram o brasiliense de 17 anos a fazer uma passagem pelos boxes por ele ter excedido os limites da pista.

Na volta dos boxes, o competidor da Van Amersfoort Racing ficou em 15º, muito longe dos primeiros colocados, e numa corrida de pouco mais de meia hora, não foi possível recuperar o tempo perdido. Depois da bandeirada, punições a outros dois concorrentes fizeram o brasileiro subir para o 13º lugar.

A próxima rodada da FIA F3 Euro será disputada entre os dias 24 e 26 de junho no circuito de rua de Norisring, na cidade alemã de Nuremberg.

@FIAf3 : #PedroPiquet explica acidente no #RedBullRing

Pedro Piquet @PR oficial
5 Pedro Piquet (BRA, Van Amersfoort Racing, Dallara F312 – Mercedes-Benz), FIA Formula 3 European Championship, round 4, Red Bull Ring (AUT), 20. – 22. May 2016

Pedro Piquet explica acidente: “Não deu nem tempo de desviar”

Ileso após batida no Red Bull Ring, brasileiro exalta bom desempenho na primeira corrida do dia até punição e colisão no fim

Uma punição e um acidente de grandes proporções atrapalharam os planos de Pedro Piquet de marcar pontos nas duas primeiras provas da rodada tripla da FIA F3 Euro no Red Bull Ring, em Spielberg (Áustria).

Na primeira corrida, o brasiliense de 17 anos saía de sua melhor posição num grid no ano, oitavo lugar. Mas uma passagem pelos boxes como punição por queima de largada o tirou da zona de pontuação quando ele ocupava a quinta posição.

Na 17ª volta, a sete minutos do fim da prova, quando o piloto da Van Amersfoort brigava com o chinês Zhi Cong Li fora do Top 10, os dois atingiram o carro de Ryan Tveter, que estava parado no meio da pista após o americano rodar na Curva Niki Lauda e levantar poeira.

Pedro bateu com força no carro de Tveter, mas só com as rodas, e o carro perdeu velocidade na caixa de brita até bater sem violência nos pneus. O piloto Petrobras saiu ileso, enquanto o americano foi ao hospital, mas acabou liberado, e Li, cujo carro voou alguns metros, teve fraturas em quatro vértebras e no calcanhar.

“Não deu nem tempo de desviar e os fiscais fazerem a sinalização. O Tveter rodou e logo depois o Li bateu nele. E mesmo se a gente tivesse visto, o carro dele estava no meio da pista e não sei se ia dar para parar o carro”, explicou Pedro.

Com o carro de volta aos boxes, os mecânicos da Van Amersfoort trabalharam intensamente e em menos de três horas o carro estava reconstruído. Não foi possível alinhar no grid e Pedro largou dos boxes. Com o carro ainda sem estar 100%, Pedro teve de ir aos boxes e perdeu cinco voltas. No fim, ele terminou em 18º:

“A primeira corrida estava rolando bem, uma pena a punição por causa da queima de largada. O campeonato é muito bom e disputado, demora mesmo para a gente aprender, tem muitas pessoas novas no time também”, disse o piloto, que fez questão de agradecer aos mecânicos da Van Amersfoort Racing o empenho em recuperar o carro #5 entre as duas corridas.

Neste domingo, Pedro disputa a terceira prova da rodada austríaca do campeonato. Ele vai largar na 14ª posição na corrida que começa às 6h20 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do site oficial da FIA F3 Euro.

#Formula3 #Euro: Ponto escapa por pouco na estreia de #PedroPiquet

Pedro Piquet esteve a menos de cinco minutos de estrear na zona de pontuação da FIA F3 Euro. O bicampeão da F3 Brasil vinha numa boa prova de recuperação, em décimo na primeira corrida em Paul Ricard, quando acabou ultrapassado no fim da reta dos boxes por seu companheiro de equipe Callum Ilot.

FIA Formula 3 European Championship 2016, round 1, Paul Ricard (FRA)

Depois de largar em 15º, o piloto brasiliense lutou no pelotão intermediário até avançar para a zona de pontuação. A manobra pelo décimo lugar foi uma das mais belas disputas por posição, envolvendo três carros. Pedro era atacado por outro competidor e conseguiu surpreender o adversário do carro #4, que vinha imediatamente à sua frente, para executar a ultrapassagem.

Na segunda corrida do dia no sul da França, novamente o competidor da Van Amersfoort Racing protagonizou uma acirrada disputa por posição, duelando com o sueco Joel Eriksson pelo 12º lugar –o carro #5, de Piquet, e o #22 ficaram emparelhados ao longo de três curvas e praticamente meia volta.

Assim como na primeira corrida, Pedro evitou a confusão da largada. Saiu de 18º e sustentou a linha interna na curva 1, onde quatro carros escaparam.

Depois da intervenção do safety-car, ele avançou mais algumas posições, até o 12º lugar. Na parte final da prova, a garoa apertou, deixando o asfalto escorregadio. Outro carro escapou e perdeu a roda, provocando nova entrada do safety-car. Com o pelotão agrupado, o brasileiro de 17 anos tentou atacar o 11º colocado, que se defendeu deixando o lado menos aderente da pista para Piquet. Com isso, outros dois carros se aproveitaram e o carro #5 recebeu a bandeirada em 14º.

A terceira corrida da rodada tripla de abertura da temporada em Paul Ricard acontece neste domingo, com transmissão ao vivo pelo site oficial da FIA F3 Euro a partir de 5:20 da manhã pelo horário de Brasília.