#WTCC: Tiago Monteiro vence na primeira jornada em Marrocos

O primeiro fim-de-semana de 2017 do WTCC em Marrocos não poderia ter terminado melhor para Tiago Monteiro. Para além da brilhante ‘pole position’ conquistada ontem, o piloto português conseguiu uma excelente vitória na corrida principal não dando hipótese aos seus adversários e assumindo a primeira posição logo após o arranque que não mais largou até cruzar a linha de meta.

unnamed
Tiago Monteiro
Na outra corrida, Tiago largou de 10º, fruto da inversão da grelha de partida, e recuperou até 6º lugar, amealhando pontos importantes para as contas do Campeonato que o colocam na frente da tabela.
Tiago estava por isso bastante satisfeito com o desfecho do fim-de-semana: “Não poderia ter esperado melhor. Ter conseguido a ‘pole’ e a vitória é tudo o que qualquer piloto deseja. É o culminar de muito trabalho de inverno que vemos agora dar os seus frutos. Não é apenas uma vitória minha mas de toda a Honda pelo excelente trabalho que desenvolveu nos últimos meses. Na primeira corrida, optei por não correr demasiados riscos para não colocar em causa o resultado da segunda. O sexto lugar foi óptimo. Estamos todos de Parabéns e mais motivados que nunca para continuar a ganhar corridas”, começou por explicar o piloto da Honda.
Um arranque perfeito para uma época que se quer o melhor sucedida possível: “Sabia que estávamos competitivos, só não sabia quanto. Esta pista é boa para a Honda e soubemos aproveitar isso o melhor possível. Já percebemos que estamos no bom caminho mas também cientes que não será sempre assim. Há pistas que não nos serão tão favoráveis e onde vamos ter de lutar mais, o que acontecerá na próxima jornada em Monza. Mas isso não nos tira a vontade de querer continuar a superar adversidades e atingir metas. Tenho a certeza que esta vitória foi a primeira de mais que vamos ter ao longo do ano”, rematou Tiago Monteiro que começa a época como líder do mundial de turismos.
A próxima jornada em Monza, Itália acontece a 29 e 30 de Abril.

#WTCC: Tiago Monteiro entusiasmado com a primeira prova do ano em Marrocos

A primeira corrida da temporada do WTCC arranca no próximo fim-de-semana de 8 e 9 de Abril em Marrocos. Tiago Monteiro e a Honda sentem que estão preparados para começar o ano ao melhor nível e desde cedo trilhar o caminho para chegar ao título de pilotos e construtores. Os testes de Inverno aliados a todas as evoluções no Honda Civic levam o piloto português a acreditar ser possível lutar pelo título de forma mais consistente que em anos anteriores.

unnamed
Tiago Monteiro
Assim, Tiago é peremptório: “Ninguém pode ambicionar um ceptro sem querer vitórias. É isso que queremos em Marraquexe. Temos trabalhado muito nos últimos anos, demos passos em frente e passos atrás. Mas desde o final da temporada passada que evoluímos bastante e tenho a convicção que 2017 será um ano de muita felicidade para mim pessoalmente mas também para a Honda que vai ver todo o seu trabalho e empenho reconhecidos”, disse Tiago.

O Honda Civic está agora melhor preparado para enfrentar as exigências dos circuitos que o WTCC visita ao longo do ano: “Temos um pacote aerodinâmico muito mais eficaz assim como um melhor motor e isso vai-nos permitir estar confortavelmente melhor em todas as pistas. Também sei que os nossos adversários não estiveram parados estes meses e que vamos ter em todas as corridas muitas lutas. Não só os adversários como os meus companheiros de equipa que estou certo serão forte oposição. Mas é isto que torna o WTCC tão aliciante. O importante é sentir-me confiante e preparado para esta primeira batalha”, disse Tiago que espera no final ganhar a ‘guerra’.

Como sempre o Eurosport fará a transmissão em directo da qualificação no Sábado, 8 de Março pelas 15.15h. As corridas terão transmissão no Domingo pelas 16.30 e 17.30h.

#WTCC: Tiago Monteiro continua preparação para 2017

Tiago Monteiro teve mais dois dias de intenso trabalho em Vallelunga, Itália a preparar a edição 2017 do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo. O piloto português fez cerca de 80 voltas por dia ao traçado ao volante do Honda Civic com que lutará pelo título mundial. O objectivo é começar o campeonato o melhor preparado possível e desde cedo a arrecadar vitórias.unnamed
Tiago terminou mais esta sessão com o sentimento de trabalho cumprido: “Fizemos muitas alterações no Honda Civic no que respeita ao chassis e à aerodinâmica o que exige muito tempo de testes para acertar todos os detalhes. O testes têm revelado boas surpresas e estamos por isso satisfeitos com as evoluções até agora. No entanto, temos ainda vários dias de testes pela frente até á primeira corrida em Marrocos. Tenho a certeza que vamos estar bastante competitivos no início da temporada”, começou por referir.
O seu novo companheiro de equipa Ryo Michigami esteve também presente nesta sessão de testes e Tiago considera que o recém chegado à estrutura está: “Cada vez mais adaptado e mais competitivo. Acho que vai ter um papel importante no seio da equipa”, concluiu Tiago.
Tiago esteve ainda a semana passada em Barcelona para o lançamento do novo Honda Civic numa acção de Relações Públicas com a Imprensa Nacional e Internacional. Partiu depois para o Salão Retromobile em Paris com a Honda França antes de enfrentar este teste em Vallelunga.  A próxima sessão de treinos está programada para Vairano a 2 e 3 de Março.

#WTCC : #16ValvulasEntrevista Paulo Maria sobre fusão de #fotografia e #Motorsport

Paulo Maria@ foto escolha pessoal
Paulo Maria@ foto escolha pessoal

Mais uma vez o 16Válvulas apresenta em entrevista outro dos protagonistas do espetaculo do Desporto Motorizado : os fotógrafos.

Nesta ocasião trazemos até vós aquele que é unanimamente considerado um dos fotógrafos de top na elite Mundial. Falamos do português Paulo Maria.

Assim nos próximos minutos vão poder perceber o seu percurso desde o Rali de Portugal dos anos 90 quando acompanhava os troços de Arganil até aos dias de hoje onde se divide entre o WTCC , WRX , TT e até FórmulaE , numa carreira onde comemora quase um quarto de século.

Ocasião ainda de percebermos um pouco das ferramentas que utiliza no seu trabalho e que lhe faz produzir trabalhos fotográficos de qualidade ímpar.

Em suma: mais uma entrevista que nos orgulhamos de apresentar com um dos portugueses mais conhecidos a nível do Desporto Motorizado Mundial e que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas!

 

 

 

@FIAFormulaE : Fique a saber tudo com o #16Valvulas e José Miguel Barros

FormulaE @logo at Facebook oficial

No fim de semana em que tem inicio a nova temporada de FormulaE que trazemos o comentador oficial da SportTv ao 16Válvulas.

Mais uma vez José Miguel Barros vem ao 16Válvulas desta vez para nos contar as principais novidades de uma competição cada mais interessante , onde as principais marcas se envolvem cada vez mais e com pilotos da craveira p.e de um Campeão do Mundo de WTCC e o português , ex-DTM , António Feliz da Costa.

Oportunidade ainda para verificarem ainda as possibilidades bem reais de Portugal vir a ter uma etapa deste Campeonato , que se pode dizer , eletrizante!

Em suma: mais uma participação de José Miguel Barros que não devem perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

 

#WTCC: Tiago Monteiro com boas recuperações na China

Foi provavelmente o fim-de-semana mais complicado da época para Tiago Monteiro na China. O piloto português confrontou-se desde cedo com problemas de andamento no Honda Civic que não permitiram lutar pelas melhores posições na qualificação e que obrigou em corrida a lutar pelos lugares pontuáveis. A sair de 14º lugar da grelha, Tiago chegou a 10º na prova de abertura e a oitavo na segunda. Duas boas recuperações mas que deixam ainda assim o piloto da Honda frustrado.

unnamed
Tiago Monteiro
Na primeira corrida Tiago chegou a estar na nona posição mas o desgaste dos pneus obrigou-o a perto do final a ceder uma posição: “Estava determinado em dar o melhor arriscando tudo o que podia. Fiz um bom arranque, recuperei posições e fui subindo lugares. O carro não estava nem de perto nem de longe com a performance que já nos habituou. Sofremos bastante e com o aproximar do fim da prova tudo se complicou com o desgaste dos pneus. O 10º lugar foi o resultado possível”, explicou.

Na corrida principal, tudo parecia estar melhor: “O arranque foi óptimo, não baixei os braços e recuperei várias posições até chegar a oitavo. Mas infelizmente o nosso carro perdia muito nas rectas e não estava rápido o suficiente que me permitisse chegar perto dos adversários à minha frente.  Foi complicado fazer as duas corridas assim. Não estávamos à espera de ter um fim-de-semana tão difícil. Em termos de contas de campeonato não foi o melhor dos cenários pois perdemos o segundo lugar mas ainda temos mais uma jornada. Matematicamente ainda tudo é possível. Baixar os braços não é opção”, disse.
Falta agora uma prova para o término da época. A 24 e 25 de Novembro, o WTCC visita o Qatar.

#WTCC:Duplo pódio para Tiago Monteiro no Japão

Tiago Monteiro conseguiu no Japão em mais uma jornada do WTCC subir por duas vezes ao terceiro lugar do pódio. Dois excelentes resultados para o piloto português que tinha carga máxima de 80 quilos no seu Honda Civic e que saiu da grelha de partida da sétima e quarta posições. Tiago mantém a segunda posição nas contas do Campeonato empatado com Yvan Muller e de tudo fará para assim se manter até ao final da época.

unnamed
Tiago Monteiro
Os dois arranques para as corridas foram determinantes para o sucesso do piloto português: “Na primeira corrida recuperei várias posições na partida o que ajudou bastante. Depois, mesmo com as dificuldades resultantes dos 80 quilos de lastro, dei tudo o que tinha, ainda consegui mais uma ultrapassagem e levei o carro aos limites para conseguir chegar a terceiro. Foi uma corrida importante para a Honda que monopolizou o pódio, um feito única na sua corrida em ‘casa'”, disse.
Na segunda prova,  a sair de quarto as possibilidades de chegar ao pódio pareciam ser mais viáveis, no entanto Tiago sabia que não iria ter tarefa facilitada por parte dos seus adversários: “Arrisquei mais uma vez e fui bem sucedido. Nesta fase, há que correr todos os riscos para atingir os objectivos. Nem sempre corre bem, na Argentina não correu tão bem, mas felizmente este fim-de-semana acabou por resultar. Não pensávamos ser possível conquistar dois pódios, por isso estamos muito contentes e com motivação acrescida para as restantes provas da temporada”, referiu.
A próxima prova acontece na China a 24 e 25 de Setembro.

#WTCC: Título para José María Lopez

Ao alcançarem uma dobradinha no circuito de Motegi, no Japão, Yvan Muller e José María López ofereceram ao Citroën C-Elysée WTCC a sua quinta dupla da temporada. Este resultado permitiu ao piloto argentino garantir um terceiro ceptro mundial consecutivo* e à Citroën de se aproximar, um pouco mais, daquele que será o seu 16º título de Campeã do Mundo.

AUTOMOBILE:  JAPAN - MOTEGI - WTCC - 01/09/2016 TO 04/09/2016

Apesar da chuva que caiu durante a noite, a pista secou mal o sol se ergueu nos céus de Motegi. O calor húmido e sufocante deixava, no entanto, antever condições difíceis para os pilotos.

Para a Corrida de Abertura, Yvan Muller e José María López estavam colocados na 9ª e 10ª posições da grelha de partida. Quando os semáforos se extinguiram, os pilotos da Citroën Total encontram o caminho no meio do pelotão para subirem ao 7º e 8º lugares, respectivamente. Algumas curvas depois, Muller conseguiria roubar o 6º lugar a Tom Chilton, num processo logo de seguida imitado por Pechito!

Muller procurou, depois, uma abertura para passar Nick Catsburg, o que permitiu a Pechito ficar mais perto e passar o seu colega de equipa, após um ligeiro contacto. Logo que Catsburg foi deixado para trás, os dois colegas de equipa lançaram-se em perseguição de Thed Björk, que rapidamente conheceu a mesma sorte.

Com o 4º e 5º lugares alcamçados, López e Muller conseguiram o melhor resultado possível, tendo em conta as suas posições à partida da corrida, marcarando pontos importantes no quadro dos Campeonatos do Mundo de Pilotos e de Construtores.

Após uma rápida substituição dos elementos da carroçaria danificados, os dois Citroën C-Elysée WTCC oficiais ocuparam os seus lugares na primeira linha da grelha de partida para a Corrida Principal. O arranque foi perfeito e Pechito curvou na frente da corrida e de Lopez. Imprimindo o seu ritmo ao resto do pelotão, não tardando a destacar-se dos demais. A bem dizer, a corrida lá na frente foi tranquila para os dois líderes, que se preparavam para uma dobradinha.

Mas a duas voltas do fim, o Citroën C-Elysée WTCC com o nº 37 diminuiu de velocidade, cedendo a liderança ao Citroën nº 68. Certo de assegurar o título com um 2º lugar, José María López quis oferecer o triunfo ao seu colega de equipa, permitindo-lhe que, pela primeira vez nesta temporada, cruzassse a linha de chegada como vencedor. Com este resultado Yvan Muller ascendeu ao 2º lugar do Campeonato de Pilotos, somando o mesmo número de pontos de Tiago Monteiro.

Segundo classificado, Pechito López marcou os pontos suficientes para garantir um terceiro ceptro consecutivo de Campeão do Mundo*, contando já com 120 pontos de vantagem, margem inultrapassável por qualquer dos seus adversários até final do ano.

No que se refere aos Construtores, a Citroën está agora um pouco mais perto de uma 16ª coroa mundial, após ter conquistado cinco Taças do Mundo de Rallye-Raid, oito Campeonatos do Mundo de Ralis e dois Campeonatos do Mundo de Carros de Turismo (WTCC). A próxima prova, a disputar em Xangai no fim de semana de 24 e 25 de Setembro, deverá ser decisiva!

O QUE ELES DISSERAM…

Yves Matton (Diretor da Citroën Racing): «Tudo funcionou bem hoje, com uma bela recuperação dos nossos pilotos na corrida com a grelha invertida e uma ‘dobradinha’ na corrida principal. Atingimos parte dos nossos objetivos com José María López, que conserva o seu título de Campeão do Mundo. Mesmo se ainda nos restam algumas corridas juntos, este é o início do fim de uma bela aventura começada há cerca de três anos. Ao tomar a decisão de oferecer hoje a vitória ao Yvan, o Pechito reforçou o espírito de equipa que nos anima a todos. Iremos, agora, preparar a próxima corrida, que decerá permitir-nos garantir o título de Construtores. Gostaríamos de fazer, igualmente, uma ‘dobradinha’ entre os Pilotos, sendo que o Yvan está agora em igualdade de pontos com o Tiago Monteiro e isso é uma situação ideal para o conseguirmos.»

José María López (Citroën C-Elysée WTCC No. 37): «Devo ser um dos homens mais felizes do mundo esta tarde! Quando os vemos na televisão, por vezes pensamos que os pilotos são seres frios, mas posso garantir-vos que as emoções fervilhavam dentro de mim. Ganhei três temporadas fantásticas com a Citroën Racing e creio que muitos pilotos gostariam de estar no meu lugar. Correr no WTCC foi uma bela oportunidade na minha carreira, mas é à equipa que devo mais. No que diz respeito ao meu gesto para com o Yvan, foi uma forma lhe mostrar o respeito que tenho por ele. Tomei sozinho a decisão, mas isso nada tem de evidente. Uma vitória é sempre difícil de conquistar e pensei que iria ser duro não ouvir o Hino argentino no pódio, especialmente no dia corrida em que garanti o título mundial. Mas talvez não voltasse a ter muitas ocasiões de o poder fazer. Continuarei a bater-me nas últimas corridas, quanto mais não seja porque temos ainda o título de Construtores a conquistar.»

Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC No. 68): «Em primeiro lugar, quero felicitar o Pechito por este seu terceiro título, ele merece-o pois é o melhor piloto atual da disciplina. Para lá de ser um grande piloto, é também um grande homem. Não lhe pedi nada, até porque não é desta forma que gosto de ganhar. Mas ele fez aquilo que eu também teria feito e, ainda agora na Argentina o fiz, quando decidi ajudá-lo. Há entre nós um respeito mútuo e autêntico, cimentado na vontade comum de fazer ganar a Citroën. Agora que estou em igualdade de pontos com o Tiago Monteiro, vou tentar garantir o segundo lugar final.»

#WTCC: Tiago Monteiro de partida para mais uma corrida em ‘casa’

Tiago Monteiro tem no Japão aquela que é considerada a sua segunda corrida em ‘casa’ uma vez que a Honda centra todas as suas atenções na visita do WTCC à terra do sol nascente. É já no próximo fim-de-semana de 3 e 4 de Setembro e Tiago espera conseguir o mesmo feito do ano passado: vencer.

unnamed
Tiago Monteiro
A ambição é clara no entanto Tiago sabe que não há facilidades por parte dos seus adversários e está focado em dar o melhor para dar alegrias aos japoneses que acompanham o desempenho da equipa de perto e são sempre fãs fervorosos: “Gosto bastante do circuito e a vitória do ano passado deixa toda a equipa entusiasmada no entanto, ao contrário de 2015, temos 80 quilos de lastro. Por um lado é positivo porque significa que temos sido competitivos, por outro, pode condicionar o desempenho este fim-de-semana. Só saberemos exactamente como vamos estar depois das primeiras sessões de treinos. Mas o importante é o optimismo e a enorme vontade de continuar a ser bem sucedido” começou por explicar.
Assim, a vitória numa das corridas é ambição máxima, mas se por qualquer razão esse objectivo for complicado de alcançar, para Tiago é igualmente importante: “Consolidar o segundo lugar no Campeonato. Para isso é sempre importante continuar a amealhar pontos. Sei que vai ser um fim-de-semana e uma grande festa por parte de todos, sobretudo dos fãs que protagonizam sempre momentos únicos. Adoro competir no Japão, é impressionante como somos bem recebidos”, disse o piloto do Honda Civic com o #18.
Até ao dia de prova Tiago estará envolvido numa série de iniciativas de marketing e relações públicas desenvolvidas pela Honda que incluem visitas aos escritórios e fábricas da Honda.
No que às corridas do fim-de-semana diz respeito, o Eurosport transmite a qualificação no sábado pelas 7h e as corridas no Domingo às 6.30h e 7.30h.