jump to navigation

#F1 : balanço de meio de época com Pedro Nascimento e algo mais 1 de Agosto de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, FIA, Formula 1, Podcast do 16Válvulas.
Tags: , , ,
add a comment
Pedro Nascimento @foto escolha pessoal

Pedro Nascimento @foto escolha pessoal

Inicio de Agosto é ocasião habitual para balanços varios sobre a F1.

Desta vez em 2014 iniciámos a sequência de entrevistas com o apresentador da SportTv , Pedro Nascimento.

Desta vez a análise é mais sucinta pois falámos também da posição de ensaísta de que Pedro usufui na revista AutoHoje , onde connosco partilha opinião e segredos.

No final escolhas pessoais para Revelação da temporada , Desilusão e aposta para Campeão 2014.

Para saberem quem foi escolhido têm de ouvir!

Em suma: resumo de F1 diferente do habitual e que não deve perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#Dakar2015 : #KTM , preparação de #RubenFaria pode passar por Portalegre 31 de Julho de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Baja 500 Portalegre, Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno, Dakar, Entrevistas 16Válvulas, Podcast do 16Válvulas.
Tags: , , , , ,
add a comment
Ruben Faria@foto de Facebook oficial

Ruben Faria@foto de Facebook oficial

É o regresso do multi-campeão Ruben Faria ao 16Válvulas.

Oportunidade para recordarmos as incidências do Dakar 2014 , falando ainda da presente temporada onde já se prepara o próximo Dakar.

No final ocasião para percebermos que há uma vontade do piloto de Olhão de fazer provas em Portugal , como forma de preparação para a prova sul-americana , pois o nível competitivo é elevado.

Quanto a uma presença no Portalegre 500 , revela que quer participar e quebrar o enguiço dos ultimos 8 anos.

Em suma: mais uma importante entrevista com um Grande campeão , que não deve perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

Dunlop analisa primeiro semestre da temporada 31 de Julho de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Moto2, Moto3, Press Release.
add a comment

Durante a pausa a meio da temporada do Campeonato do Mundo de Motociclismo, olhamos para os aspetos mais interessantes de 2014 sob a perspetiva dos pneus.

Dunlop

Dunlop

Tendências na escolha de pneus

Os pilotos arriscaram menos este ano. Analisemos quem escolhe o quê e por que o faz.

Durante 2013, os seis principais pilotos do campeonato escolheram os mesmos pneus oito vezes em 17 corridas. Nesta época, até ao momento, a variedade é muito menor, com os seis principais pilotos a escolheram uma opção diferente apenas duas vezes.

Na Argentina, Luis Salom terminou em terceiro lugar, despois de ter eleito um composto suave (997) para o pneu traseiro, por comparação ao extra duro 067. O pneu 997 foi também a escolha de Rabat e Corsi em Mugello, que terminaram em primeiro e quarto lugares respetivamente, enquanto os restantes finalistas optaram pelo composto médio.

Clinton Howe, Diretor de Operações de Moto2 e Moto3 explica o motivo: “No ano passado o nosso objetivo era disponibilizar duas opções idênticas entre as quais os pilotos pudessem escolher. O nosso trabalho tem sido contínuo e neste momento estamos focados em aumentar a janela operacional dos nossos pneus. Isto significa que os pneus que temos atualmente em pista são muito mais versáteis do que eram há um par de anos atrás e que se adaptam a mais condições. Um piloto com experiência e que se sente confortável com os pneus, pode concentrar-se em otimizá-los, fazendo os ajustes necessários à sua moto, em vez de os mudar. As variáveis são menores se optarem por manter os pneus que já conhecem”

Duro e rápido

De uma maneira geral, os pneus de 2014 são “mais duros” do que os homólogos de 2013. Por norma, os pilotos evitavam pneus mais duros porque considerarem que tinham menos aderência ao piso, sendo “mais lentos” do que os macios. A vitória em Sachsenring foi alcançada com a mais recente geração de pneus estra duros e a corrida foi mais rápida em sete segundos do que a de 2013, onde se utilizaram compostos mais macios.

Conceito para a corrida – mais rápido que nunca

O trabalho de desenvolvimento da Dunlop é um processo contínuo no qual se integra rapidamente o feedback obtido durante as provas. Os testes na Ilha Phillip, que decorreram em março, resultaram na introdução, em junho, em todas as corridas dos novos pneus extra duros 25-067. Enquanto os pilotos estão concentrados no segundo semestre da época, a Dunlop já está a trabalhar nas especificações para 2015, tendo em vista melhorias futuras.

Tiago Monteiro preparado para o WTCC na Argentina 31 de Julho de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Press Release, WTCC.
add a comment

Depois de quatro dias de testes ao volante do Honda Civic em Valência, Tiago Monteiro sente-se preparado para enfrentar mais uma jornada do WTCC na Argentina. O Circuito de Termas de Rio Hondo recebe pelo segundo ano consecutivo o Mundial de Turismos, um circuito técnico e rápido que o piloto português gosta e onde já foi bem sucedido no passado.

Tiago Monteiro

Os quatro dias em Valência permitiu testar vários ajustes feitos pela equipa ao Civic nomeadamente no que respeita ao chassis mas também a algumas pequenas alterações ao nível do motor. Alterações importantes que vão poder ajudar o piloto português em mais este desafio: “Não foram alterações de fundo, essas provavelmente só irão acontecer no final do mês de Agosto quando regressarmos aos testes. Para já foram alguns acertos que nos permitiram descobrir novas soluções ao nível do ‘set-up’. Vamos esperar que se adequem para esta prova”.

Termas de Rio Hondo é um traçadp com um figurino que agrada a Tiago Monteiro. É técnico, com curvas rápidas e cegas e com uma longa recta: “Recta essa que pode ser penalizadora para o nosso carro mas que vamos procurar compensar na parte mais sinuosa. Não é uma pista fácil, mas o ano passado as coisas até correram bem. Por isso, pontuar continua a ser a nossa máxima assim como manter a quarta posição no Campeonato”, referiu o piloto português.

O fuso horário obriga a ajustes no horário das habituais transmissões televisivas. O Eurosport transmitirá a qualificação no Sábado pelas 19h e as corridas no Domingo pelas 18h e 19h.

#CNV : Eugenio Montez faz balanço desta Temporada com o Norma 30 de Julho de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, 24 Horas de Le Mans, Campeonato de Portugal de Circuitos, Campeonato de Portugal de GT, Campeonato de Portugal de Sport Protótipos, Campeonato Nacional de Circuitos GT4, Campeonato Nacional de Velocidade, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Podcast do 16Válvulas, Racing Weekend.
Tags: ,
add a comment
Eugenio Montez@foto escolha pessoal

Eugenio Montez@foto escolha pessoal

Oportunidade de regressarmos ao CNV , desta feita com Eugenio Montez que depois de em 2013 ter corrido no Trofeo Abarth 500 Portugal , apostou para este ano em correr com um Norma.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir a opinião pessoa sobre esta temporada onde Eugenio teve que correr além dos Autodromos , também em Rampas e circuitos citadinos.

No final ocasião para uma análise ás corridas no AIA , nomeadamente sobre o acidente de que forma vitimas e em que o piloto questiona se tudo tivesse acontecido ao contrário se a decisão de arquivamento também teria sido proferida.

Em suma: mais uma entrevista que não querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

Race Page do piloto

#GTCompetizione: Carlos Barbosa em entrevista exclusiva ao 16Válvulas 29 de Julho de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Podcast do 16Válvulas, Racing Weekend, Troféu Abarth 500.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

Carlos Barbosa@foto escolha pessoal

Oportunidade de voltarmos a falar de uma realidade que atrai casa vez mais gente para as corridas de automóveis: as simulações on-line.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir um dos responsaveis de uma estrutura que tem dado cartas neste mundo: Carlos Barbosa.

Destaque para a passagem recente para as pistas , onde Carlos teve oportunidade de participar no Trofeo Abarth 500 Portugal , recordando as emoções ao vivo pois falamos de um ex-piloto dos clássicos.

 

No final falámos das ambições para o futuro da GT Competizione que passam por uma cada vez maior internacionalização deste “Franchise”.

 

Em suma: mais uma entrevista com muitos tópicos que serão de certo do vosso interesse e que não vão querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

 

#GTAcademy : conheçam o representante português Pipo Rodrigues 29 de Julho de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Campeonato de Portugal de Circuitos, Campeonato de Portugal de Clássicos, Campeonato de Portugal de GT, Campeonato Nacional de Circuitos GT4, Campeonato Nacional de Velocidade, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Podcast do 16Válvulas, Racing Weekend, Troféu Abarth 500.
Tags: , , , , ,
add a comment

Pipo Rodrigues@foto escolha pessoal

 

A poucos dias da final  da competição Mundial que vai decidir quem vai suceder a Miguel Faísca como vencedor da Gt Academy entrevistámos um dos representantes portugueses : Pipo Rodrigues.

Assim nos próximos minutos vão poder ficar a conhecer um pouco melhor este filho do ex-campeão Carlos Rodrigues que deu os primeiros passos competitivos no Kart.

Oportunidade ainda de percebermos como correu a participação de Pipo na corrida do passado fim-de-semana no Trofeo FIAT Abarth 500 Portugal.

No final fica uma ideia das ambições para este jovem que vai querer ir longe no Mundo do Desporto Motorizado…

Em suma: mais uma entrevista que não vão querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

Francisco Guedes vence 24h de Spa-Francorchamps 27 de Julho de 2014

Posted by Miguel Mousinho in 24 Horas de Spa-Francorchamps, Press Release.
add a comment

Terminaram as 24h de Spa-Francorchamps, uma das mais emblemáticas provas do endurance mundial, com a equipa da Ferrari Portugal a subir ao lugar mais alto do pódio. Francisco Guedes, Peter Mann, Cédric Mézard e Alexander Talkanista no Ferrari 458 da categoria Gentleman Trophy venceram todas as batalhas que foram aparecendo ao longo das 24h horas para conseguirem a tão ambicionada vitória no Blancpain Endurance Series. Vitória que os coloca no comando da tabela classificativa, quando falta disputar apenas uma prova até ao final da época.

Francisco Guedes

Francisco Guedes

Na ausência do principal mentor da equipa, Filipe Barreiros por questões profissionais, Francisco Guedes foi o melhor piloto português em pista, com a vitória na categoria, 24º da geral. Fez turnos de condução exímios e lutou sempre para conquistar este resultado: “Foi uma corrida muito dura. Nunca tinha feito nada assim. Muitos acidentes, alguns bastante violentos. Passei horas e horas ao volante e felizmente consegui passar incólume a grandes azares. Conseguimos vingar o abandono do ano passado. A noite foi difícil. Para além de estar indisposto, deram-me um toque que obrigou a uma entrada nas boxes. A equipa esteve ao mais alto nível porque resolveu sempre todos os problemas com uma rapidez e eficácia notáveis. Estamos todos muito contentes. Demos o máximo, lutámos com tudo e conseguimos o que queríamos. Não podíamos estar mais orgulhosos”, referiu Francisco Guedes logo após o término da corrida.

O piloto português não quis no entanto salientar que este feito: “É dedicado ao Filipe Barreiros. Que merecia esta vitória tanto como nós. Sei que está orgulhoso do trabalho que fizemos. Tenho pena que não tenha podido estar connosco este fim-de-semana. Agora que já conseguimos a vitória que nos faltava, que já estamos na liderança do Campeonato, queremos continuar neste registo”, concluiu o piloto de Cascais.

A derradeira jornada do Blancpain decorre de 19 a 21 de Setembro em Nurburgring.

Diogo Gago vence Júnior em Auxerre 27 de Julho de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Press Release, Ralis.
add a comment

Depois do excelente resultado em Langres, Diogo Gago e Jorge Carvalho apresentaram-se bastante confiantes em Auxerre, segunda prova de terra que a dupla realizava na 208 Rally Cup. Infelizmente logo no primeiro dia de competição, a dupla portuguesa teve vários problemas mecânicos no Peugeot 208 R2 que acabaram por comprometer o resultado final.

Diogo Gago

Diogo Gago

Primeiro a dupla portuguesa ficou sem direcção assistida no carro francês, acabando ainda por sofrer um furo num dos troços da tarde. Ao todo, Diogo Gago e Jorge Carvalho cederam mais de um minuto e chegaram a cair para o décimo terceiro posto.

Falando-nos sobre o primeiro dia de competição, o piloto de São Brás de Alportel comentava “que foi um dia difícil para nós, pois tivemos alguns problemas com o nosso carro. A correia do alternador partiu e ficámos sem direcção assistida. O carro ainda começou a perder energia e sofremos um pouco para chegar ao parque de assistência. A nossa equipa, a Pit Stop France resolveu rapidamente os problemas, mas ainda tivemos um furo no primeiro troço da tarde e com tudo isto já tínhamos perdido mais de um minuto para concorrência, pelo que só realizámos dois troços em condições normais, onde de resto efectuámos tempos entre os mais rápidos”

Para o segundo dia de competição, Diogo Gago e Jorge Carvalho partiam apostados em recuperar na classificação, acabando por realizar a recuperação do rali, vindo a terminar a ronda de Auxerre na quarta posição do troféu, primeiros entre os Juniores, somando ainda duas vitórias em especiais.

No final da prova, o jovem piloto que conta com os apoios de Hotel Pedras Rubras, Q&F-Lda, Mariscos Galvão e Município de São Brás de Alportel dizia que “depois dos problemas da véspera, entrámos para este último dia da melhor forma e com vontade de recuperar. Andámos sempre muito rápido e não cometemos qualquer erro, o que é sempre muito importante num troféu tão competitivo. A vitória nos Juniores conjugada com o quarto posto final deixa-nos bastante felizes, pois voltamos a sair de França com os nossos objectivos superados”.

Após o Rally Terre d’Auxerrois, Diogo Gago e Jorge Carvalho são agora os segundos classificados nos Juniores e estão cada vez mais próximos do pódio absoluto, apesar de contarem com menos três provas que a maioria da concorrência. Agora segue-se o Rali Vinho da Madeira, prova que terá lugar já esta semana na belíssima Pérola do Atlântico.

Nissan mantém intactas as aspirações ao título e Miguel Faísca soma importante experiência 27 de Julho de 2014

Posted by Miguel Mousinho in 24 Horas de Spa-Francorchamps, Blancpain Endurance Series, Press Release.
add a comment

Os dois Nissan GT-R superaram o desafio das 24 Horas de Spa-Francorchamps, com a Nissan GT Academy Team RJN a conquistar pontos que mantém intactas as aspirações ao título do Blancpain Endurance Series (categoria Pro-Am) e Miguel Faísca a adquirir um importante capital de experiência para o futuro.

Naquela que foi uma das mais atípicas edições, devido aos inúmeros acidentes ocorridos sobretudo na fase inicial da corrida, também a Nissan foi vítima dessas circunstâncias, ao não conseguir melhor do que o 13º lugar da categoria (25º da geral) com o Nissan GT-R com o número 80 e o 19º da categoria (38º da geral) com a equipa de Miguel Faísca, também constituída pelo russo Mark Shulzhitskiy e os japoneses Katsumasa Chiyo e Masataka Yanagida.

Como confessa Miguel Faísca, “obviamente que tínhamos a expectativa de um resultado mais positivo, mas fomos vítimas dos imponderáveis em que são férteis as provas de 24 horas. No caso concreto da minha equipa, ainda só estavam cumpridos cerca de 30 minutos da corrida, quando um adversário entrou pela traseira do Nissan GT-R. Um acidente que obrigou a uma paragem nas boxes de quase duas horas, devido à necessidade de mudar toda a suspensão traseira”.

Devido ao atraso acumulado, até ao final, a formação em que milita o português “limitou-se” a efectuar a recuperação possível, sendo de sublinhar que lograram recuperar desde a 61ª e última posição da geral, até ao 38º lugar. “Era impossível fazer melhor, até porque ainda perdemos bastante tempo com dois furos”, admite Miguel Faísca. “Mas a equipa está de parabéns pelo trabalho e esforço realizados e para mim foi fantástico o Nissan GT-R ter resistido à dureza da prova, pois assim acumulei importantes quilómetros, mais do que os feitos desde o início da época. No fundo, agora sinto-me um piloto muito mais experiente, pelo que posso encarar o futuro com outra confiança” – recorde-se que, há um ano, a experiência do piloto nacional resumia-se à PlayStation no conforto do sofá…

A próxima e derradeira prova do calendário do Blancpain Endurance Series tem como palco a pista alemã de Nürburgring, entre os dias 19 e 21 de Setembro.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.672 outros seguidores