jump to navigation

#Angola , #TT – #16VálvulasEntrevista Sandro Luis Dias , líder do campeonato 1 de Novembro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Baja 500 Portalegre, Buggy/UTV, Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno, CPTT, Dakar, Desafio Total Mazda, Entrevistas 16Válvulas, FIA, FPAK, Podcast do 16Válvulas, Taça do Mundo de Todo o Terreno.
Tags: ,
add a comment
Sandro Luis Dias @foto escolha pessoal

Sandro Luis Dias @foto escolha pessoal

Aproveitando a visita a Portugal , onde procura um carro para competir em 2015 , entrevistámos o líder dos TT em Angola , Sandro Luis Dias.

Assim vão pode perceber o percurso competitivo deste piloto , desde sempre ligado ao TT angolano até este ano de 2014 onde corre com uma Mazda adquirida em Portugal.

No final oportunidade de percebermos planos para o próximo ano onde existe a aposta segura na presença no Dakar Series que vai passar por Angola em 2015.

Em suma: mais uma entrevista de ambito internacional que não vai querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvir e subscrever o Podcast do 16Válvulas

#Ralis : #16ValvulasEntrevista Filipa Sanguedo sobre a sua carreira 31 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Campeonato de Portugal de Ralis, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Podcast do 16Válvulas, Ralis, Rally de Portugal.
Tags: , , ,
add a comment
Filipa Sanguedo @foto escolha pessoal

Filipa Sanguedo @foto de escolha pessoal

Voltamos hoje às entrevistas com a temática dos Ralis.

Fazêmo-lo hoje no tom feminino pois trazemos ao 16Válvulas a piloto Filipa Sanguedo que corre no de Ralis Norte e também Centro.

Assim nos próximos  minutos vão poder ouvir a jovem piloto falar das suas origens de competição automovel , com os primeiros passos a serem dados no Ralicross , por influência de seu pai.

Oportunidade ainda de falarmos sobre este ano de 2014 , onde Filipa utiliza um Opel Adam e tem como navegadora Sofia Mouta.

No final falámos sobre ambições para o futuro que passam pela possibilidade de no futuro vir a fazer o nacional de Ralis.

Em suma: mais uma entrevista que não vai querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#HistoricEndurance : #16ValvulasEntrevista Diogo Ferrão sobre 2014 29 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Campeonato de Portugal de Circuitos, Campeonato de Portugal de Clássicos, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Historic Endurance, Podcast do 16Válvulas.
Tags:
add a comment
Diogo Ferrão @foto escolha pessoal

Diogo Ferrão @foto escolha pessoal

Oportunidade para assinalarmos mais um final de época para conversarmos com Diogo Ferrão sobre os Clássicos.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir um balanço sobre este ano de 2014 nas vertentes de piloto e organizador de provas por parte de Diogo Ferrão.

Na componente de pilotagem todo o destaque vai para a prova de Spa-Francorchamps onde o piloto venceu a prova das 6h , com um Ford GT40.

Quanto ao aspeto organizativo Diogo falou-nos sobre as provas que destaca : Vila Real e Algarve.

No final ficaram algumas pistas sobre o que fará em 2015 , com destaque para a continuidade da função organizativa.

Em suma. Mais uma entrevista que não vão querer perder!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#Angola #FADM : #16ValvulasEntrevista Mario Silva , vice-presidente da Federação , sobre o Desporto Motorizado em Angola 28 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Karting, Podcast do 16Válvulas, Ralis.
Tags: ,
add a comment
Logo oficial

Logo oficial

Ocasião para o regresso das entrevistas internacionais aqui no 16Válvulas.

Fazêmo-lo hoje com a entrevista ao Vice-Presidente para a Comunicação da Federação Angolana de Desporto Motorizado , Sr. Mario Silva.

Oportunidade para um balanço do que já foi feito desde a criação da Federação , mas também percebermos quem esteve na génese de tão importante entidade.

Falámos ainda sobre a importância da FPAK , bem como os desafios atuais para unir as entidades ligadas ao Desporto em Angola assim como a conquista de notoriedade sempre necessária a nível internacional.

No final ficámos a conhecer os desafios que a FADM enfrenta para os próximos anos com destaque para o crescimento que se prepara a nível de infra-estruturas no país com vários projetos de Autódromos e Kartódromos a serem construídos neste país africano.

Em suma: mais uma entrevista de crucial importância e que não vai querer perder de qualquer forma!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#WRC : #16ValvulasEntrevista João Fernando Ramos : “Foi um Rali extremamente feliz!” 28 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, FIA, Podcast do 16Válvulas, Ralis, Rally de Portugal, WRC.
Tags: ,
add a comment
João Fernando Ramos @foto escolha pessoal

João Fernando Ramos @foto escolha pessoal

Retomando uma tradição dos ultimos anos , João Fernando Ramos vem ao 16Válvulas fazer o balanço da presença pela 2ª vez no ano , em prova de WRC.

Nesta ocasião fala-nos na presença na prova que assinala os 50 anos do Rali da Catalunha .

Assim nos próximos minutos podem ouvir o piloto que foi navegado uma vez mais por José Janela , falar das dificuldades sentidas num Rali que teve troços muito complicados , mas também da felicidade de terem terminado o Rali.

No final ficaram os agradecimentos habituais , com destaque para o muito publico português que marcou presença nos troços mas também no parque fechado.

Em suma: mais uma entrevista que não querer perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#GT : #16ValvulasEntrevista Joffrey Didier . Quem se lembra? 27 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, FPAK, Podcast do 16Válvulas.
Tags:
add a comment
Joffrey Didier @foto escolha pessoal

Joffrey Didier @foto escolha pessoal

Piloto de origem francesa , Joffrey Didier vem ao 16Válvulas falar da sua carreira que teve inicio nos Karts e que terminou em 2012 .

Oportunidade de falarmos do seu percurso competitivo que teve ponto alto em 2009 com o antigo PTCC onde esteve presente com  a Veloso Motorsport e alcançou resultados de relevo onde o próprio destaca uma grande luta pela vitória no AIA.

No final ocasião de lembrarmos que o piloto se mantém em forma para um eventual regresso a qualquer momento que surja um projeto aliciante.

Em suma: uma entrevista que nos recorda o passado recente da velocidade em Portugal e que não deve perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvir e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#FormulaFordFestival : #16ValvulasEntrevista Pedro Matos sobre as corridas 27 de Outubro de 2014

Posted by GonçaloSousaCabral in 16 Válvulas no terreno, Entrevistas 16Válvulas, Podcast do 16Válvulas.
Tags: , , ,
add a comment
Pedro Matos @foto escolha pessoal

Pedro Matos @foto escolha pessoal

Ocasião para o regresso de Pedro Matos ao 16Válvulas.

Assim nos próximos minutos vão poder ouvir o piloto falar do seu ano de 2014 , onde a nivel profissional refere ter estado a trabalhar como Engenheiro de Dados na Equipa de Gp2 , Caterham e a nível de condução  ter feito o Formula Ford Festival , prova para a qual foi convidado.

Oportunidade para analisarmos o fim de semana na FF onde como melhor resultado alcançou um otimo 5º lugar entre tantos outros pilotos.

No final falámos do futuro ,onde ficámos a saber que existe uma ténue possibilidade de regresso competitivo ainda este ano e em que muitas duvidas existem ainda para 2015 , embora com trabalho seguro na Status Gp.

Em suma: mais uma interessante entrevista com um português que dá cartas no Desporto Motorizado estrangeiro e que não deve perder por nada!

Cliquem AQUI para ouvirem e subscreverem o Podcast do 16Válvulas

#TiagoMonteiro #Japão2014 #WTCC #Honda 26 de Outubro de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Press Release, WTCC.
add a comment

Não foram os resultados esperados mas foram os resultados possíveis aqueles que Tiago Monteiro conseguiu hoje na jornada do WTCC no Japão. A sair da 11ª posição da grelha e num circuito que não privilegia as ultrapassagens, o piloto português teve que se contentar com a nona posição em ambas as corridas.

Honda Civic

Em ambas as corridas Tiago fez um bom arranque tendo em conta que estava no seio do pelotão, e subiu os lugares possíveis mas daí em diante não havia muito mais a fazer: “Foram duas corridas muito difíceis porque infelizmente o nosso carro não estava com a performance ideal ainda para mais num circuito que não se ajusta ao nosso Honda Civic. Procurei recuperar lugares no arranque, que seria a grande oportunidade de subir posições porque sabia que ultrapassar seria muito complicado”, começou por explicar.

Apesar de só ter somado 4 pontos para as contas do Campeonato, Tiago mantém a quarta posição na tabela classificativa, o melhor dos pilotos não Citroen: “O resultado da qualificação ditou o desfecho das corridas. Sabíamos que sair na frente garantia sucesso. Não correu bem para mim, mas correu bem para o Gabriele que conseguiu a primeira vitória oficial da Honda. Estou feliz por ele e pela equipa. Vamos continuar o nosso trabalho e esperar que tudo corra melhor em Macau”, rematou Tiago Monteiro.

A derradeira jornada do Campeonato em Macau decorre de 13 a 16 de Novembro.

Tiago Monteiro com qualificação difícil no Japão 25 de Outubro de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Press Release, WTCC.
add a comment

A sessão de qualificação do WTCC no Japão não correu de feição a Tiago Monteiro. O piloto português não conseguiu extrair toda a performance dos pneus novos na sua volta e viu-se relegado para a pior das posições, a 11ª, inviailizando o 10º lugar que lhe daria a ‘pole’ para a segunda prova.

Tiago Monteiro

No final da sessão, o piloto português não escondia a insatisfação: “Infelizmente não estávamos a conseguir um bom equilíbrio com borrachas novas. Para além disso, cometi um erro na minha volta lançada e devia ter abortado a mesma, regressado às boxes e colocado novos pneus. Não o fiz,  a achar que o tempo daria para um lugar no Top 10. Fui surpreendido com os tempos dos outros pilotos . Não tomei a melhor das decisões e vou arcar com as consequências amanhã nas corridas”.

A sair da sexta da linha da grelha, será peremptório realizar um bom arranque: “O que nem sempre é fácil no meio do pelotão. Mas agora há que saber lidar com a situação e fazer o melhor possível. Vou dar o meu melhor para subir posições e amealhar pontos. Manter o quarto lugar no Campeonato é o meu principal objectivo nesta fase”, explicou Tiago Monteiro.

Amanhã as corridas terão transmissão no Eurosport a partir das 5h da madrugada.

Cinco pilotos de Moto2 e Moto3 vão a Sepang de olho no título 25 de Outubro de 2014

Posted by Miguel Mousinho in Moto2, Moto3, Press Release.
add a comment

Este ano a corrida de Sepang é a penúltima do Campeonato do Mundo de Moto GP da FIM e os cinco pilotos que estão na corrida para os títulos de Moto2 e Moto3 sabem que a corrida da Malásia é  tão importante como a final no próximo mês.

Dunlop

Dunlop

Maverick Viñales alcançou a sua terceira vitória este ano ao vencer a ronda de Moto2 na Austrália no último fim-de-semana. Ainda assim, a pontuação máxima que obteve não o manteve na luta pelo título de vencedor da temporada, já que Rabat e Kallio conseguiram pontos suficientes de forma a assegurarem que são os únicos potenciais campeões. Em Moto3, apenas 41 pontos separam Alex Marquez, Jack Miller e Alex Rins, sendo que ainda estão 50 pontos em disputa. Miller venceu a corrida na Austrália e sagrou-se o piloto que mais corridas venceu em 2014, mas precisa de ultrapassar os 20 pontos de vantagem que Márquez leva.

O circuito de Sepang tem 5,5 km de comprimento, duas retas longas, dez curvas à direita e cinco curvas à esquerda. O Grande Prémio da Malásia é conhecido pelo seu clima: por norma chove todos os dias e regista-se um elevado nível de humidade, fazendo com que o circuito esteja sempre escorregadio. Em 2013 foram estabelecidos novos recordes em ambas as categorias e com os líderes deste ano na luta pelo título, é provável que com as especificações de pneus de 2014, se estabeleçam novos recordes no Grande Prémio.

No último fim-de-semana, no circuito de Phillip Island, os seis pilotos que conquistaram as primeiras posições na categoria Moto3 elegeram pneus de composto médio. O pneu de especificação média já deu provas em várias ocasiões, tornando-se um dos favoritos junto dos pilotos. Márquez estabeleceu um novo recorde do circuito durante as qualificações e Miller, para além de conquistar a vitória em frente ao seu público, conseguiu um novo recorde de volta. Todos os pilotos de Moto2 escolheram o composto médio para o pneu dianteiro e o composto mais macio dos dois compostos rígidos especiais concebidos para a ocasião, sendo que Rabat estabeleceu um novo recorde durante as qualificações.

Escolha de pneus e códigos de cores:

Moto2:

Dianteiros: 120/75R17, 3 x 123 (rígido – logótipo Dunlop amarelo em fundo preto) – 5 x 302 (médio – logótipo Dunlop preto em fundo prateado)

Traseiros: 195/75R17, 5 x 9854 (macio – logótipo Dunlop preto em fundo prateado) – 195/75R17 4 x 9855 (médio – logótipo Dunlop preto em fundo amarelo)

Moto3:

Dianteiros: 95/75R17, 5 x Médio (logótipo Dunlop preto em fundo prateado) e 3 x H2 Rígido (logótipo Dunlop amarelo em fundo preto)

Traseiros: 115/75R17, 6 x Médio (logótipo Dunlop preto em fundo prateado) e 3 x Rígido (logótipo Dunlop amarelo em fundo preto)

Os pilotos vão ter três conjuntos de pneus para piso molhado, e um conjunto adicional se todas as sessões forem em piso molhado. 

Estatísticas da corrida: Muitos vencedores

As competições de Moto2 e Moto3, categorias cujo fornecedor oficial é a Dunlop, são um fator importante para a conceção dos pneus, de forma a que a emoção nas várias corridas e entre diferentes pilotos esteja assegurada. Das 15 rondas já disputadas houve seis vencedores diferentes em cada uma das categorias. 12 pilotos diferentes subiram ao pódio de Moto2 e 11 pilotos subiram ao pódio de Moto3. 

Clinton Howe, Diretor de Operações em Grandes Prémios de Motociclismo: 

“Aqui o clima pode mudar tudo e mesmo que a chuva não afecte as sessões, pode alterar a aderência à pista se chover fortemente durante a noite. Temos muita experiência neste circuito nestas condições e ajudaremos os pilotos a alcançarem a maior aderência possível.

“O mais emocionante é que esta corrida pode ser a mais importante do ano. Neste momento, temos pelo menos dois candidatos para cada categoria mas se algum deles não pontua pode facilmente afastá-los da corrida pelo título.”

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.734 outros seguidores