Tiago Monteiro na discussão da ‘pole position’ na Rússia


Tiago Monteiro esteve hoje na luta pela primeira posição da grelha na jornada russa do WTCC. A chegada à qualificação 3 mostrou uma evolução significativa no Honda Civic. Tiago viria a ficar com a terceira posição da grelha à frente de Loeb, Muller e Chilton.

Tiago Monteiro

Na chegada à Rússia e mesmo sabendo que o Honda Civic tinha sofrido evoluções ao nível do chassis, o piloto português estava longe de imaginar que esses ajustes iriam significar tanto em termos de performance: “Se me tivessem dito ontem que isto ia acontecer, teria negado perentoriamente. Foi realmente uma surpresa muito grande para mim e também para toda a equipa. Pela primeira vez estivemos a lutar de igual para igual”, disse o piloto português.

No entanto, nem sempre foi fácil para Tiago Monteiro conseguir o ‘set-up’ ideal: “A pista está ainda muito difícil e senti dificuldades em encontrar o melhor compromisso nas afinações. Fui gradualmente ganhando confiança mas sabia que seria difícil chegar à ‘pole’ porque precisava de fazer mais uma alteração no carro que não foi possível entre a qualificação 2 e a 3”, explicou.

Ainda assim, o terceiro lugar para a primeira corrida e sexto para a segunda abrem boas perspectivas de continuar a somar pódios esta época: “Em condições piores já conseguimos quatro pódios, por isso não há razão para não achar que conseguiremos mais esse resultado. Vou dar o meu melhor, isso é certo”, concluiu Tiago Monteiro.

As corridas de amanhã, têm transmissão no Eurosport às 10h e às 11h.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s